terça-feira, 30 de dezembro de 2014

5 toques para um 2015 melhor






1. Tome um bom banho de ervas. (Se você está fora de sua casa pode usar um chá de ervas para esse ritual. Prepare com carinho, e quando tomar seu banho peça limpeza das energias mais pesadas)
Depois do banho sente por alguns instantes medite, pense na sua vida, nas coisas boas e ruins que enfrentou.


2. Faça uma lista enumerando todas as situações ruins depois queime.
Não tenha medo, lembre das dificuldades. Em alguns momentos precisamos olhar com coragem aquilo que nos desagrada.
Vejo muita gente bacana, que segue o caminho espiritual tentando escapar do sofrimento, às vezes até negando que sofrem. Mas isso não acrescenta nada na nossa vida.
Negar os fatos não tira o sofrimento.
Fugir da dor não resolve, e fazer de conta que certas situações, pessoas, acontecimentos tiveram lugar não vai resolver nada. Porém quando você olha com coragem, arrumará forças e luz para sair da condição de vítima do destino.
Lembrando que algumas vezes nos sentimos mesmo como vítimas.
Como dizem os mestres, temos que expandir a visão, olhar o todo, além da fotografia do momento, por que tudo tem um significado, e mesmo que agora não tenhamos compreensão, em algum momento teremos.
Faça sua lista, leia, e depois queime pedindo libertação.


3. Use uma peça de roupa nova.
Gosto muito de usar branco, não apenas na passagem do ano, mas quase todos os dias. Acho que o branco passa uma idéia de estar limpo,fluido, fácil, leve, precisa mais?
Quando colocar sua roupa pense em coisas boas, deixe a roupa imantada numa energia bem legal.
Você pode fazer um passe na roupa.... É isso mesmo.
Anos atrás aprendi com um mentor que para entrar num templo, nos tempos antigos as pessoas defumavam as roupas que iriam usar, na impossibilidade de usar roupas novas.
Vale a dica de usar incensos, e defumar sua casa antes da virada. (se você estiver viajando, e puder acender um incenso já será ótimo).



4. Coma algo doce no seu jantar de ano novo.
Adoçar a vida é algo muito importante.
No meio da tristeza, da dor sempre temos momentos de pausa. Verdadeiros refrescos que nos dão animo para enfrentar as coisas. Assim é importante olhar para tudo que acontece à nossa volta.
Parece que muitas vezes passamos por cima das coisas boas, e olhamos apenas para aquilo que nos incomodou, ou nos fez mal. Hora de mudar isso, não acha?
Bom humor, alegrias, ver o lado bom da vida é algo que pode ser cultivado.
Se você tem prestado atenção nas coisas ruins, esquecendo tudo de bom que também recebeu, é hora de mudar isso.
Faça uma escolha consciente de olhar o lado bom.
Foco no bem, e adoce sua vida. Mas não exagere nas coisas doces por que a doçura é uma energia, e não significa comer loucamente um "caminhão de chocolate". Ok?
Seja doce, tire a amargura das emoções, do pensamento, mas não abuse do açúcar.
Adoçar deve ser uma ação leve, algo gostoso, sem peso no astral, nem no corpo fisico... (risos).


5. Olhe tudo o que está acontecendo à sua volta. Tudo é importante.
Gosto de pensar que a vida apresenta uma espécie de oráculo à nossa volta, em especial na noite de réveillon. Há alguns anos observo como a passagem do ano acontece, se está tudo calmo, ou se está confuso. Observo se permaneço calma. Se as coisas estão no seu lugar, ou não.
Tudo tem um sentido.
Se observe, e observe o que a vida trará para você.  E perceba, o mais importante é a forma que você reage frente aos desafios.
Se você está bem o mundo ficará bem também.

Muita luz e boa sorte para você.

Acompanhe meus videos no canal do you tube, clicando: https://www.youtube.com/user/msorlovas100/featured?view_as=public


MS







sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Karma Familiar




Podcasts semanais do Programa "Entrando em Alpha" com Maria Silvia Orlovas na Rádio Mundial FM 95,7 | AM 660. Todas as terças às 22h.  Nesse Podcast temos como tema Karma Familiar.





quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Mensagem de Natal



Saudações meus amados,

O todo é importante, mas o movimento individual também é muito importante.
O mundo, apesar do desatino de ações, e objetivos contraditórios na aparência, continua evoluindo, abrindo, expandindo.


Não se concentrem na briga da semente que oferece seus teimosos brotos debaixo da terra, acreditem, como nós, que esses brotos alcançarão a luz.
Vejam o todo, mas se concentrem no papel individual de cada um, pois é na sua vida, nas suas escolhas, que você pode interagir, e cada ação sua toca todo o restante.



Da mesma forma que vocês precisam de nós, da nossa energia para entender melhor a vida, ter orientações, receber carinho, incentivo, alento, nós precisamos de vocês. 
Cada um de vocês representa as nossas mãos no mundo. 
Quando tocados por nós, inspirados por nossa luz, vocês se tornam pontos da nossa força.


Acreditem nesta conexão.

Eu Sou Sananda.


quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Momento de se doar



Queridas parceiras:Joselita, Claudia, Nory, Nazaré. 


Este foi um ano de muitos desafios, muito trabalho intimo, reflexões, mudanças, cansaço, transformações. E normalmente quando chegamos em dezembro estamos precisando de uma pausa, férias...
Mas antes de acontecer o merecido descanso é hora de compartilhar, de olhar para os mais necessitados. Isso aconteceu no último domingo dia 21 quando fizemos a entrega de presentes, cestas de alimentos para uma comunidade carente no centro de São Paulo.

Grupo arrumando os carros domingo pela manhã.
Como sempre acontece, foram muitos preparativos, envolveu a cooperação de muita gente, e para todos oferece minha gratidão. Pois tudo começa acontecer semanas antes quando arrecadamos dinheiro, visitamos a comunidade a ser ajudada, fazemos listas, saímos para compra de alimentos, presentes etc. Depois vem o momento de arrumar tudo, preparar os presentes, embrulhar, comprar a comida que será oferecida no dia, vestir a roupa de Papai Noel...

Flávio e Jurandir no seu primeiro ano de Papai Noel aprendendo tudo com o Arlindo

Mas por que fazemos tudo isso?
Por que ajudamos as pessoas? Só no Natal?
Não... Ajudamos sempre, por que acreditamos que é o nosso papel fazer o bem, cuidar das pessoas, compartilhar, cuidar.

Jurandir, Flávio, Arlindo

Nem sempre vemos o fruto da nossa ação, pois no fim o que fizemos foi alimentar e presentear um grupo de pessoas nas vésperas do Natal, mas a vida continua, entra uma semana, sai outra, crianças crescem, e tudo muda constantemente. Então para que servir? Para que ajudar?
Sei que muita gente pensa assim.
Muita gente não entende por que compartilhar o que tem, quando é tão duro ganhar o pão de cada dia. Sei que tem gente esperando ficar mais rica, mais tranquila para ajudar, e devo dizer que se alguém pensa assim, esse dia perfeito para ajudar nunca vai acontecer, por que sempre teremos algo imperfeito para resolver.

Amadas parceiras: Iara, Mariliana, Claudia, Sibele, Fran, Jô, Nory, Rafaela, Belinha.

Quero dizer que essas pessoas queridas se doam com amor sempre, e que mesmo tendo coisas para resolver abrem o coração ao próximo.
Descobri que não há um momento perfeito para a gente se doar, não há a riqueza necessária para compartilhar, tudo é agora, acontece agora, no presente, nesse momento.
Se doar significa abrir o coração para o outro, viver de forma mais generosa e tudo bem. Só isso já vale a pena, já nos faz mais felizes.

Nossa não cabe o nome de todo mundo!


Desejo que você tenha um feliz Natal, e que 2015 traga muitas felicidades e realizações.
Lembrando que tudo começa em você, nas suas intenções, naquilo que você pensa sobre a vida e sobre si mesmo.
Acalentando boas idéias, pensamentos, vibrações, naturalmente você estará oferecendo ao mundo luz e amor. Em 2015 cuide melhor do seu interior, assim sua vida inteira ganhará significado.


Beijo da MS e tudo de bom!





sábado, 20 de dezembro de 2014

Sananda - Cada um dá o que tem



 Áudio

Cada um dá o que tem.

Neste mundo, as pessoas ainda estão sofrendo muito. Porque há uma expectativa exagerada naquilo que você quer ter, naquilo que você quer receber, naquilo que você quer ganhar.

Há uma expectativa exagerada no outro, no amigo, no irmão, no esposo, na esposa, no trabalho, no sucesso... E até em Deus.

Vocês esperam demais. Esperam respostas, felicidades, beijos, amor, sucesso, dinheiro, alegrias. Mas, o que vocês estão doando?

A vida é um jogo, onde você oferece as coisas pro Mundo, para as pessoas. E essa energia, como se fosse a bola de uma criança, volta pra você. E aí, tudo aquilo que você ofereceu volta para você.

Você pode continuar esse jogo, perseguindo a bola o tempo inteiro, segurando ela com você. Ou, se agachar num canto triste, chorando porque nunca ninguém libera essa bola para você fazer a sua maravilhosa, excelente, fantástica jogada.


Meus amados, não esperem tanto da vida, de Deus, dos amigos, dos irmãos, do seu marido, da sua esposa, dos seus colegas. Cada um está nesta vida muito preocupado com o próprio jogo, muito preocupado com o seu querer, com as suas carências... O tempo todo desejando receber.

Por alguns instantes, brinque de ser o técnico. Brinque de se aquele que olha o que está acontecendo. E abra o coração, se compadeça dos outros e observe a sua atitude.

O que faz o técnico do jogo? Ele reúne as pessoas; ele conversa; ele ouve; ele pensa; ele cria uma estratégia; e ele ensina, ensina, ensina... Repetidas vezes, as mesmas coisas.

Ele permite que outros entrem no jogo. Ele diz a hora que um vai fazer a sua aparição e a hora que alguém, que está fazendo algo errado, deve se retirar.

Em todos os esportes é assim, há uma dinâmica, ao dar e ao receber. Por que a vida humana seria diferente disso?


Se doem, não se preocupem tanto com as suas carências e necessidades.
Façam como os pássaros, que não tecem e não fiam... Mas, que ainda sim, voam livremente e sabem que na hora em que precisarem realmente do alimento, ele estará em algum lugar à sua espera.


Façam como as flores, que têm a coragem de desbravar a terra, sendo uma semente. Sem se preocupar se existe uma pedra em cima, sem se preocupar se haverá sol ou chuva. As plantas se doam, são sábias, se lançam pra vida, oferecem as suas folhagens verdes.

Façam como as crianças, geradas no útero da mãe. Se formando ali, numa simbiose da doação da mãe e da vontade daquele Ser, vir ao Mundo.


Atos de Amor, meus filhos. Atos de coragem. Atos de doação. Se vocês estão infelizes - repensem as suas vidas.

E a nossa orientação é:

“Se doem mais... Permitam que essa bola, iluminada e cheia de força, circule entre vocês, circule em sua vida.

Se você está quieto, parado em seu canto: se movimente, se abra. Novos movimentos, novas oportunidades.

Se você está querendo o tempo inteiro segurar - controlar a vida, segurar a bola com você - observe que você não está deixando a sua vida fluir. É você quem segura, é você quem cria tensão. Abra, solte.

Se você se sente como uma criança pequena, incompetente nesse jogo, observe os demais. Observe aqueles que estão felizes, não para invejá-los, observe a verdadeira felicidade.

Não são as coisas que as pessoas têm, mas é o sorriso que vem do coração. Vocês, realmente têm dois olhos - para olhar e aprender. Façam uso da sua Força e do seu Poder.

Vocês nasceram para serem vencedores no amor, na doação, na consolidação das suas relações - na família, nos grupos, com as amizades e com você mesmo.

Doe-se mais e receberá infinitas oportunidades de crescer, de amar e de oferecer Luz.”

Na sintonia do meu Pai. Eu Sou Sananda e ofereço a vocês todo o meu amor. E lhes digo, meus amados: o prazer de se doar é imensamente maior do que o prazer de apenas receber. E ainda sim, aquele que se doa, recebe muito amor.

Sejam a Luz, que vocês nasceram para Ser.
Sejam o Amor, que vocês nasceram para Ser.
Ofereçam e recebam a Gratidão.

Tenham Paz.

Recebam.

__________________________________________________________________

*O texto de transcrição do áudio foi levemente editado para uma melhor leitura.


quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Harmonizando a família, praticando o Ho'oponopono




Podcasts semanais do Programa "Entrando em Alpha" com Maria Silvia Orlovas na Rádio Mundial FM 95,7 | AM 660. Todas as terças às 22h.  Nesse Podcast temos como tema Harmonizando a família, praticando o Ho'oponopono.





sábado, 13 de dezembro de 2014

Saint Germain - Os planos antes da ação




 Áudio

Os planos antes da ação.

Meus amados, muitas vezes vocês ouviram dizer da potência da mente Divina. E realmente, a mente Divina é extremamente poderosa. Mas, cada um de vocês faz parte dessa mente Divina, faz parte desse projeto maior do Pai.

E a mente de cada um de vocês, quando está limpa, quando está associada à mente Divina; é capaz de criar para vocês um mundo de felicidades e realizações.

Cada um de vocês tem o seu karma, o seu livro do destino, as páginas e páginas preenchidas por vocês no passado. E essas páginas tem um peso, porque são carregadas de emoções, de memórias, de ações, de julgamentos, de certo e de errado.

Todos os Homens têm história. E em alguns momentos, quando a consciência de vocês se eleva e vocês reconhecem essas histórias, e compreendem a necessidade do seu passado fazendo as pazes com o seu presente – vocês estão se libertando dessas muitas páginas, escritas e esquecidas pela ação do tempo.

Liberem a sua mente. Não fujam do destino, não briguem com as situações. Busquem esse espaço vazio dentro vocês. E o que propicia esse vazio é a auto aceitação. É você entender que está aonde tem que estar. É você entender que está vivendo o que deve viver, está fazendo o que deve fazer, está cumprindo o que precisa cumprir. Estar em dia com você.

Ame você mesmo. Ame o seu destino. Esteja em paz inclusive com os desacertos e aparentes injustiças. Reconheça a riqueza do aprendizado até nos momentos pobres. Reconheça o toque do Amor até nos momentos tristes.

Vocês que seguem o caminho espiritual, sabem que são amados. Vocês que estão na nossa sintonia, sabem que nós estamos presentes, o tempo todo. Não afastamos vocês do seu aprendizado, mas estamos juntos para ajudar a aprender.

Abram espaço na sua mente, para que a mente possa receber novas idéias, novas inspirações. Não se construam mais, pensamentos, projetos, em cima de idéias antigas. Limpem a mente, façam as pazes com o seu Deus interno e abram-se ao seu Destino.

Digam a vocês mesmo:

“Eu me abro ao meu destino.
Eu permito que os milagres aconteçam na minha vida.
Eu permito as curas sagradas.
Eu me abro a prosperidade.
Eu me abro ao Amor.
E eu me aceito como eu sou.”

Esse sentimento profundo lhes trará todas as curas necessárias.

A força da Chama Violeta é a força da transmutação, da elevação. E vocês podem fazer isso. O milagre é diário, a ação é contínua e os resultados são visíveis e palpáveis a todos vocês.

A conexão com o Bem, com a Espiritualidade Maior, naturalmente oferece a vocês aquilo que vocês precisam diariamente.

O Mundo cheio de Luz, a água da chuva, o sabor dos ventos, a comida na sua mesa, a cama tranquila onde você pode se deitar. Tudo isso é motivo de Gratidão.

Meus amados, quando no passado antigo, Maria foi conduzida para dar à luz a Jesus, ela não sabia o
que esperar, apenas que nascesse aquela criança. E o movimento dela, foi o movimento da Fé. Que conduziu por caminhos incertos, a levou afastada da família, para que ali viesse o seu filho.

Não havia a segurança material. Não havia as condições mínimas necessárias, para uma mulher que vai parir uma criança se sentir bem. E, no entanto, foi assim que aconteceu. E foi ali que nasceu uma grande Luz para essa humanidade.

Vocês estão consumidos por desejos gananciosos de conforto material. E é hora de buscar o profundo Amor Interior e o Conforto Espiritual, em cada um de vocês. E é isso que estamos trabalhando, para despertar na humanidade presente, a consciência de que a felicidade não está nos bens materiais.

A Felicidade está na sua Luz, na sua consciência, na sua forma de pensar, na sua forma de agir. Atravessem o seu deserto pessoal e acreditem na profunda conexão com a Mente Divina, que fará nascer em cada um, a sua Força e a sua Luz. O despertar do seu Cristo Interno.

Eu Sou Saint Germain. E ofereço a vocês o meu Poder. Um poder que faz brotar a consciência que tira os cadeados do passado, que libera a energia de Cura e de Paz.

Recebam.

______________________________________

*O texto de transcrição do áudio foi levemente editado para uma melhor leitura.


quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Ho'oponopono




Podcasts semanais do Programa "Entrando em Alpha" com Maria Silvia Orlovas na Rádio Mundial FM 95,7 | AM 660. Todas as terças às 22h.  Nesse Podcast temos como tema Ho'oponoponoo.





terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Ritual de abertura e limpeza para 2015



Todo ritual começa com uma intenção, uma vontade de expressar e receber aquilo que você deseja, por isso concentre-se no que você quer.
Num ano regido por Marte, na energia do guerreiro, teremos um impulso a mais para alcançar nossos sonhos, porém é preciso sempre agir com sabedoria.
Fazer escolhas pode parecer fácil, mas não é, por que muitas vezes, apesar do desejo de mudar e de ter ideias boas para o futuro, carregamos conosco mágoas, e impressões ruins do que já vivemos impregnando o inconsciente, e alimentando as dores.
É a energia que rege a manifestação do fracasso ou do sucesso em nossa vida, por isso precisamos limpar a vibração.

O primeiro passo para abrir para o novo é a limpeza dos velhos pensamentos e condicionamentos, e para isso precisamos agir também no plano físico. Num ambiente harmônico, sua mente ficará mais clara e aberta às boas intuições.
Aproximadamente 21 dias antes do Natal ou do Ano Novo é a hora de começar:



1.     Faça uma boa limpeza na sua casa.  Comece jogando coisas fora. Veja tudo o que não está funcionando, aparelhos quebrados, lâmpadas queimadas, portas emperradas, paredes sujas. Enfim comece limpando e organizando o lado externo. Se você tiver apenas um quarto isso também vale. Arrume tudo. Jogue fora o que não prestar, e doe aquilo que não está usando.
2.     Arrume suas roupas. Ano novo, vida nova com as roupas em ordem. Tire do armário as roupas e sapatos que não estiver mais usando. Doe. Aproveite a ocasião para ver se você não está exagerando na quantidade de coisas que tem no seu armário. Acumular roupas não faz bem. Guardar coisas para quando emagrecer ou voltar a moda, quase nunca funciona. Acaba sendo um acumulo de energias. Arrume um tempo e coragem para abrir mão de tudo o que não faz mais sentido.


3.    Defume sua casa. Defumação é um ritual muito importante. Na minha casa pelo menos uma vez por semana faço uma boa defumação.  Arrume uma latinha, ou um baldinho de metal, coloque um arame para deixar a alça mais comprida. Você pode também usar um pote de cerâmica, mas é bem mais difícil atear fogo. No caso da vasilha de metal, você pode levar direto na boca do fogão. Ponha carvão picado, ou use carvão vegetal que vende nas casas de umbanda já preparado (tipo Mãe Maria). Ervas secas e resinas como insenso, mirra, benjoin são ótimos para limpeza. Comece pelos fundos da casa. Nos apartamentos geralmente começamos pelos quartos, e vamos limpando tudo chegando até a porta de entrada quando mandamos a energia desqualificada embora. Costumo fazer o ritual deixando um mantra tocando ao fundo. Veja o vídeo onde ensino: https://www.youtube.com/watch?v=DcKev-kJaBY&list=UU6tgfxBmTGocUoTk0uXOKAw


4.     Sempre depois da defumação tome banho de ervas. Faça pelo menos por 7 dias seguidos banho de ervas, que é preparado como um chá. Você escolhe as ervas para limpeza e depois da água estar fervida, coloca as ervas e deixa repousar com a panela tampada. Em seguida tome banho normalmente levando um balde com esse banho já coado, que será completado com agua do chuveiro. Depois do banho normal, você joga este preparado nas costas do pescoço para baixo pedindo limpeza. Algumas ervas fáceis de encontrar, arruda, manjericão, alecrim. Veja mais um vídeo sobre o assunto: https://www.youtube.com/watch?v=j07Ji3dO1VQ&list=UU6tgfxBmTGocUoTk0uXOKAw&index=114

5.     Escreva uma carta fazendo um resumo do seu ano. Agora com a energia mais limpa escolha um momento onde não será perturbado,
6     faça uma meditação, relaxe e tente fazer uma auto análise. Passe a limpo mentalmente seu ultimo ano. Tente observar aquilo que mais lhe chama a atenção. Onde a vida deu certo e onde deu errado. Faça uma lista, de um lado coloque as coisas boas, e do outro lado as coisas ruins. Tente ser imparcial, e olhar com muita coragem como foi seu ano. Depois feche os olhos, tente agradecer por cada uma das experiências, tanto boas quanto ruins, tente ver os aprendizados de cada situação. Escreva tudo numa folha de papel, e guarde para reler um pouco mais para frente.


7.     Crie um ponto de luz na sua casa. Da mesma forma que montamos uma arvore de Natal, podemos também montar um pequeno altar, onde vamos ancorar a energia do nosso anjo da guarda, fazendo orações e meditações, ouvindo mantras no local.  Se você já tem um altar, é hora de renovar, limpar, trocar toalhas etc.




8.     Ancore os quatro elementos no seu altar:
Terra – um vaso (novo) com planta (pode ser uma violeta)
Agua – oferecer um cálice com água que poderá ser ingerida ou jogada fora dependendo da energia do dia. Se for tudo na paz beba, se estiver pesado jogue fora.
Fogo – acender uma vela em intenção ao seu anjo da guarda
Ar – acender um incenso na sintonia
9.     Durante 21 dias faça meditações e orações: Use mantras suaves, musicas harmoniosas para atingir uma melhor concentração. Hoje temos infinitas possibilidades de meditar com lindas musicas de fundo. A musica eleva a vibração, você se acalma, e seus pensamentos vão se ordenando, e ai você consegue rezar com mais tranquilidade, inclusive se expressando melhor com Deus.
10. Um mantra poderoso é: Entrego, confio, aceito e agradeço. Essas quatro palavras são importantes chaves para abrir os portais espirituais do contato com Deus. Algumas pessoas querem que Deus apenas manifeste aquilo que elas desejam, mas a verdadeira prece acolhe a “vontade de Deus” com amor e tranquilidade.

11. Na véspera de Natal, ou de ano novo, depois de ter feito uma boa defumação, tomado seu banho de ervas, sente-se frente ao seu altar, reze, releia sua carta, e queime entregando para o divino todas as suas dores, agradecendo por tudo o que você viveu e pedindo abertura de caminhos.


12. A melhor cor para a entrada do ano continua sendo branca que representa a limpeza, caminhos abertos, novas possibilidades, mas se você sente que deve complementar com alguma energia a mais pode usar: Verde para saúde, Amarelo para dinheiro e oportunidades, Vermelho para ativar a confiança, Rosa para o amor, Azul no caso de resolver conflito, Violeta para transmutar energias. Siga sua intuição e muito boa sorte!


13. Para a limpeza psíquica, encontre uma boa meditação de limpeza, harmonização, ou o que sentir que será bom. Segue mais uma sugestão: https://www.youtube.com/watch?v=bHkeIzy6GIY&list=UU6tgfxBmTGocUoTk0uXOKAw


 Vamos assim nos preparando para ter uma feliz entrada em 2015 com muita luz e amor no coração.


MS



No Próximo sábado dia 13 de Dezembro teremos em Alpha Lux o importante Ritual de Queima do Karma
Será um Workshop com a vivência e entendimento das suas questões em desalinho.
Vamos abrir para purificar.
Começamos às 15:00 com a vivencia
Seguimos com o Ritual de Queima do karma com a pratica em grupo do Ho ponopono
Intervalo para o Jantar, ofereceremos um maravilhoso Cury de Legumes
Fechamos com a apresentação da Peça/Vivencia: O caminho do peregrino.

Investimento: R$ 120,00
Reserve sua vaga no tel (11) 3673.4824 após 13s com Edilene








sábado, 6 de dezembro de 2014

Maria Padilha - Eu falo pra você que se sente só




 Áudio

Eu falo pra você, que se sente só – porque eu conheço a solidão.

Eu sei como é se sentir sozinho – quando você está acompanhado.
Eu sei como é acordar sozinho. Eu sei como é dormir sozinho.
Eu sei como é acordar com alguém e se sentir só.

Porque, muito da minha existência, foi pautado no desejo de encontrar alguém, de ter alguém. E muitos dos meus sentimentos mais conflituosos, vieram da necessidade de precisar de alguém, de precisar de apoio.

E o momento mais amargo, em que mergulhei na escuridão mais profunda, foi quando pedi muito para Deus – que me acolhesse, me suportasse, me direcionasse, me cuidasse – e não senti resposta.

Não veio um Anjo me despertar. Não veio um Espírito de Luz me acolher. Não veio um amigo sincero dialogar comigo – eu estava só.

Mas, não pense você que faltava pessoas, compromissos, empregados, colegas e festas. Quantas festas... Quantos encontros sem sentido... Quantas pessoas buscando a felicidade daquilo tudo que eu já tinha. Porque eu fiquei rica. Tinha muita jóias, muitos vestidos. Tinha muitos homens, muitos parceiros...

Mas, o vazio interior era imenso. A incompreensão era ainda maior. E a dor de não me sentir compreendida, acolhida, amada, respeitada, era muito grande.

E isso tudo me envolveu como uma crença, de que a vida é assim; de que as pessoas são assim, de eu era assim, de que a minha história era assim.

Eu fiquei tão envolvida no sofrimento, tão arrebatada pelo dor, que eu não questionava mais. O Mundo é assim e pronto. As coisas são assim e pronto. O sofrimento é assim e pronto. Eu estava resignada.

Era um emaranhado muito grande, na minha mente, no meu coração, no meu corpo. Eu valorizava o belo, então, eu era bela. Eu valorizava os Castelos, os Palácios, então, nasci sempre conseguindo voltar aquele núcleo.



E eu trouxe para mim mesma a repetição dessa história em muitas vidas. E não era um castigo de Deus, como eu pensava. Passar a existência, sem desfrutar do calor do amor de alguém, de verdade.

Porque, foram tantas as decepções. E tanta a carência do meu sentimento, que eu acreditei que a vida era assim, a vida era esse sofrimento.

E eu não entendi, que esse emaranhado estava sendo criado por mim mesma. Eu não entendi, que as minhas crenças estavam fazendo com que eu revisitasse sempre os mesmos lugares. Sempre as pessoas do mesmo jeito, sempre as situações da mesma forma. Passava ano e entrava ano. Mudavam as festas, mudavam as pessoas, mudavam as roupas – e tudo igual.

E foi muito difícil, porque eu era muito resistente, à transformação e à mudança. E quando, finalmente, o meu aprendizado espiritual começou acontecer no Plano Divino – no Plano mais sutil – me disseram que eu estava criando e recriando os mesmos cenários.

Que eu estava potencializando o sofrimento e a dor se manifestando na minha vida – porque eu tinha raiva, porque eu tinha mágoa, porque eu tinha dores, porque eu era violenta nas palavras, agressiva – eu não acreditei, eu me revoltei com a aula.

Eu achei que aqueles professores tão amorosos – homens e mulheres tão bonitos e doces – não estavam falando a verdade. Eu achei que eles não conheciam o meu mundo. Eu achei que eles não conheciam o tipo de sofrimento que eu estava passando.

Eu já tinha a compreensão, já que eu estava no Plano Espiritual, de que eu já tinha vivido muitas vidas daquele jeito – mas, eu me achava vítima. Eu achava que... Eu queria mudar. E que aquilo voltava, aquilo voltava... Não era eu.

E aí, uma mulher – muito linda, muito jovem –, eu achei que ela era uma menina. Achei que ela tivesse, no máximo, os seus vinte anos. Ela chegou para mim... E disse para mim, com muita suavidade:

           — Você pensa que a vida é assim, como você vê. E que nós não sofremos. Então, eu vou perguntar pra você se você quer ver a minha história.

Ela era Mestra Pórtia. E eu, não sabia entender que no Plano Sutil, os Mestres são jovens e lindos. Eu achava que eles tinham que ser mais velhos que eu – porque tinham mais sabedoria –, mas, eles eram jovens e lindos... Doces.

E ela me mostrou uma vida dela, com muitas histórias, como se fosse um filme. Eles são muito poderosos e ela colocou as mãos na minha frente... E uma verdadeira tela se abriu.


E ali, eu vi uma vida dela muito parecida com as minhas histórias – aquelas que doíam no meu ser: abandono, rejeição, falta de compreensão, solidão, pobreza – e eu me vi tão perto, tão próxima dela, que eu até pensei que ela não seria então, eu no Futuro.

E ela me disse:

           “Que nem pra tudo existiria resposta. Que muitas coisas que nós queremos saber, nós não temos ainda o direito de saber”.

Mas, que ela podia me afirmar:

            “Que da mesma forma que criamos a dor e o sofrimento, podemos criar a Luz e o Amor... Mas, que demanda uma entrega, uma coragem, uma abertura e um entendimento. O entendimento do coração”.

Aí eu me conformei. Eu entendi que muitas pessoas passavam pela solidão.  E eu pedi para ser uma aprendiz. Eu pedi para ajudar no Mundo Espiritual. E ela me ouviu e me atendeu.

E eu me propus a ajudar todas as pessoas que se sentissem solitárias. A ajudar todos àqueles que quisessem melhorar a sua autoestima. Eu me comprometi a olhar para aqueles que não são vistos. Para aquelas pessoas que se sentem invisíveis, mal amadas, desrespeitadas, vazias, solitárias.

Eu me comprometi a olhar por todos aqueles que sofrem da ingratidão. Que se sentem injustiçados, abandonados.

E estou muito feliz com a minha missão. Porque, se fiz alguém sorrir, se trouxe um pequeno conforto para o coração de alguém – ali estou cumprindo a minha tarefa.


Estou em sintonia com a Chama Violeta. Acesso a Casa da Chama Violeta, porque ali está o poder mágico de fazer a transmutação de sentimentos e emoções, de pensamentos e impressões.

E através desta abertura, Eu venho ajudar vocês hoje. E me sinto muito honrada em poder Ser quem eu Sou, Maria Padilha. E amo vocês.

Amo. Compreendo. Aceito. E vejo em vocês, histórias e sintonia de tudo aquilo que eu já vivi. Minha missão é mergulhar neste mundo de sensações, emoções, para curar.

Eu compreendi, que quanto mais eu olhasse o outro sem julgamento, com compreensão e amor, mais próxima eu estaria da vibração de Luz que alivia as pressões do Mundo Material.

A Chama Violeta está o tempo todo pulsando: curas, expansão e transformação.

Quando se sentirem solitários, podem ter certeza, que não é real.

Somos Todos Um. Estamos em Uníssono, da vibração de Transformação da Nova Era.

Sigam em harmonia e tenham paz.

______________________________________

*O texto de transcrição do áudio foi levemente editado para uma melhor leitura.