segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Kuan Yin - A Inteligência Espiritual



Áudio

Nem tudo é como você quer. Nem tudo deve ser como você quer.

Muitas pessoas buscam na vida espiritual; conforto. Para as suas mazelas, para as suas diferenças, para as suas mágoas e para as suas dores... Isso é correto. Mas, não é porque você caminha na espiritualidade que todas as coisas que você almeja, que você pensa e sente, darão certo.

Ainda no caminho espiritual, vocês terão que conviver com a frustração; com os bons e os maus momentos; com a doença, com a perda e com a dor.

O que facilitará a sua vida e abrirá os seus caminhos, será a sua consciência, o seu entendimento e a força que você alcança. Tendo mais Luz, tendo mais conexão com a Luz.


Os problemas serão aliviados pela força do seu interior. Externamente, muitas coisas podem acontecer com uma pessoa; casar, se divorciar; estar amando, não se sentir amado, não se sentir acolhido; ter um trabalho ou não ter; relacionamentos com a família em paz ou não.

Mas, se você está bem, se você está conectado com a sua Luz, com os seus mentores... Se você tem a Inteligência Espiritual ativada, as coisas acontecerão com você, porque é assim que deve ser. Mas você estará inteiro em si mesmo.

O cultivo da Inteligência Espiritual aproxima você do seu Eu Sou. O seu Eu Sou é o seu Eu espiritual consciente, amoroso, lúcido e forte.


E agindo assim nesta profunda conexão com o seu Eu Espiritual, sejam quais forem os desafios, sejam quais forem as intempéries, os movimentos, as atitudes das pessoas... Você estará bem.

Você não perderá a sua fé. Você não oscilará na sua escolha pelo caminho do Bem. Esta é a força. Esta é a Inteligência Espiritual desperta. Esse é o poder, que liga cada um a Deus.

É importante os exercícios de limpeza, é importante os exercícios de meditação. Para aproximar vocês de Deus. Para aproximar vocês dessa força interior.

Porque é esta força, que permitira que você lide bem com aquilo que está dando certo e com aquilo que está dando errado. As oscilações acontecem externamente, mas, você se manterá sempre na Luz.

Em sintonia com a Chama Violeta, com o amado Mestre Saint Germain. Eu Sou Kuan Yin e estou aonde sou chamada, e estou na luz de cada um, e estou no coração de cada um.

Não sou distante, porque me manifesto quando vocês manifestam a compaixão. Porque, sou Kuan Yin, quando vocês me permitem ativar a compaixão dentro de vocês.

A Inteligência Espiritual permite amar, perdoar e caminhar. Sem se ferir, sem machucar. E é este o meu ensinamento a vocês.

Caminhem na Luz, sirvam bem e sejam felizes. Porque nós os amamos, tenham paz.

______________________________________

A transcrição do texto foi levemente alterada para  melhor leitura.


quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Maria Padilha - Como reconhecer o bem das pessoas




Como reconhecer o bem das pessoas. Como reconhecer o mal das pessoas.
 Áudio

O mundo da forma é um mundo de enganos; é um mundo de encantos, de sentimentos, de vibrações, de pensamentos confusos.

Para caminhar para a Luz é preciso se despir. É preciso viver uma série de desapegos. Mas, eu bem sei o quanto um desapego pode ser difícil e doloroso. Porque vivi, porque compreendo a necessidade dessa vivência.

E desapego não é apenas abrir mão das condições materiais; das jóias, dos belos vestidos, dos belos carros para os homens ou da ascensão pessoal-profissional. Desapega-se mais facilmente dessas coisas, do que o desapego do pensamento e da forma em que você se condicionou a pensar.

Desapego mais complicado é você abrir um espaço em sua mente, para que surjam novas idéias, novos pensamentos e uma nova matriz para entender o Mundo. Algumas pessoas sofrem tanto nesse processo de mudança, porque são absolutamente resistentes a qualquer mudança.

E mesmo aquelas pessoas que se consideram: adaptáveis, fáceis, tranquilas... São adaptáveis, fáceis e tranquilas no seu mundo, na realidade que lhes conforta, no pensamento que lhes agrada. Porque, em qualquer mudança que alguém se coloque, já gera a dificuldade, o medo, a angústia e a dor.

As pessoas se acostumam com o sofrimento. E tem dificuldade em se movimentar, de encontrar uma outra forma de viver, de falar, de se conduzir.

E este momento, que o Planeta atravessa é um momento de profundas transformações.

E vocês estão encarnados para se transformar. Estão encarnados para modificar as suas crenças, a sua forma de agir e, finalmente, evoluir.

Eu tive muitas vidas na matéria. E nem posso dizer que estou livre de futuras existências. E, se assim for, vou encarar com sabedoria e com Luz.

As vidas na matéria são vidas extremamente importantes. O momento em que vocês vivem, no corpo físico, é um momento de grande valor. Porque é no corpo físico que se experimentam as diferenças, as dificuldades. Mas é também no corpo físico que se experimenta a evolução, o fortalecimento do caráter, da fé, da força de vontade.

Eu vivi em ambientes onde as pessoas não eram o que pareciam. Não se mostravam, não falavam a verdade, ambiciosas demais, necessitadas demais de compreensão, de força, de poder... Buscavam sempre mostrar aquilo que não eram. E tenho certeza que vocês reconhecem esse jeito de agir, esse jeito de pensar, esse jeito de se comportar com pessoas que estão a sua volta.

Mas, na mesma proporção em que vocês veem as aparências, devem ver também os sentimentos, as emanações que vem de vocês. E acreditem nesses sentimentos, nessas emanações.

Não procurem compreender todas as pessoas que estão a sua volta. Não tenham a necessidade de agradar a todos, nem de se ajustar a todos. Esse também é um vício comportamental.

E eu fiz muito isso. Porque, como cortesã, era educado ser gentil, afável, cuidar de todas as pessoas e entender todas as pessoas. Entender o erro, entender o engano, entender a arrogância e entender os roubos, as falsidades.

E hoje, eu digo a vocês:

Vocês devem reconhecer os erros, mas não precisam entendê-los. Não precisam aceitá-los, não precisam e não devem ser coniventes com atitudes erradas.

Você pode escolher o que pensar. Você pode escolher como agir. Você pode escolher quem deve ser o seu amigo; quem deve frequentar a sua casa; quem deve estar próximo de você.

Você pode escolher com quem você se deita; com quem você se levanta; com quem você compartilha a sua mesa.

Vocês estão encarnados, dentro de um processo de evolução. E a evolução se faz em grupo, olhando ao redor. Reconhecendo o Bem e o Mal daqueles que estão a sua volta... E fazendo escolhas.

Porque, no momento em que você for conivente com certas situações, com certas pessoas: ali você estará vivendo. Este será o seu mundo.

E no momento em que você fizer outras escolhas e reconhecer aquilo que realmente lhe faz bem, e se afinar com aquilo que lhe faz bem: cessarão as dores, cessarão as doenças, cessarão os medos e o desconforto.

Porque você estará assumindo, inteiramente, quem você é; o que pensa, o que faz e como faz. E, ainda que vocês sejam jovens, não pensem que vocês tem todo o tempo do Mundo, porque não tem. A Juventude não é uma boa guardiã.

Sejam a sua Luz. Vibrem o seu Bem. E, ousem fazer as suas escolhas. Ousem se assumir. Ouse se posicionar.

A serviço do processo de transformação, desencadeado pela Sagrada Chama Violeta em todos os
níveis do Astral, que está acontecendo nesse momento no Planeta. Eu Sou a Guardiã, Maria Padilha.

E envolvo vocês no meu sentimento de Amor e Luz, e entrego ao Bem. Sigam em paz.

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Mestra Pórtia - Acolha o ser que você é




Acolha o ser que você é.
 Áudio

Eu Sou, o que Eu Sou; é um exercício de profunda auto aceitação.

Muitas pessoas passam a vida inteira sem se aceita. Sem se enxergar, sem se amar, olhando apenas os seus defeitos.

Se espelhando, se enxergando na beleza dos outros, admirando a beleza dos outros. E fugindo, da sua Essência Divina, da sua Essência Sagrada.

É preciso aceitar quem você é. Olhar quem você é. Desenvolver, para si mesmo, um olhar de profundo amor. E ainda que você reconheça os seus defeitos, os seus problemas, as suas questões, os pontos que você precisa trabalhar para melhorar; Ame-se.

Sem o seu amor, você não crescerá. Sem o seu perdão, profundo perdão, você não crescerá. Sem o seu acolhimento, sem o momento de pausa, sem o seu silêncio, sem o momento de autoanalise - com paciência, com amor e com luz - você não será nunca, jamais, um ser humano pleno. E estará colocando pra si mesmo a necessidade de aprendizados dolorosos.

Porque, quando você não se ama, não se aceita, não se respeita, não enxerga a sua Luz, não reconhece os seus problemas; você estará se unindo com ambientes onde as pessoas também são assim. Onde os desafios serão iguais a aqueles que você já carrega dentro de si.

Ambientes mais leves são criados primeiro no coração. Para depois, externamente, as situações irem se tornando situações com mais entendimento, com mais leveza e com mais luz.

Não se façam de bonzinhos. Sejam bons.
E quando, ainda não acreditarem na sua luz, reconheçam as suas defesas. Reconheçam que ainda não são capazes de ser o que o seu espírito prometeu Ser. É um mergulho profundo.

Percebam, meus amados, que o Planeta está em profunda mudança. Que as situações estão aceleradas, que os processos kármicos estão acelerados.

E nesses momentos de grande turbulência, nesses momentos de desencontro, as revoluções pessoais ficam muito intensas. Os desafios ficam muito importantes.

Mas, são nesses momentos que as barreiras do ego são quebradas. São nesses momentos que as pessoas são obrigadas a escapar da sua Zona de Conforto. São nesses momentos que as pessoas veem as suas defesas se quebrarem, se partirem. Mas são momentos lindos de transformação, de abertura, de crescimento e de Luz.

E é esse o momento que o Planta enfrenta. É uma mudança na consciência. E não é apenas para as pessoas espiritualizadas. Aquelas pessoas que tem a espiritualidade em suas vidas, que já estão trabalhando a sua consciência, essas pessoas ajudarão muito as outras; Com sua forma de Ser, com a sua forma de olhar a vida, com a sua forma de falar e com a sua energia.

Vocês têm trabalhado, as noites, quando dormem. Vocês têm trabalhado em suas famílias. Vocês têm trabalhado com as suas amizades... Porque a sua energia é usada para transformação do Coletivo.

Por isso, alguns se sentem mais cansados. Alguns podem até se sentirem meio deprimidos ou sem foco. Mas, faz parte do compromisso que vocês assumiram quando encarnaram. Então, Força, Consciência, Luz e Conexão Espiritual.

Aqueles que não estão envolvidos com a espiritualidade, que não tem essa consciência, estarão vendo esse Mundo com muita tristeza. Estarão conectados aos crimes, às raivas, às ações coletivas negativas, mudanças climáticas assustadoras.

Tudo isto, também, está acontecendo. Mas, a Terra funciona com muitas faixas vibratórias. E aqueles que trabalham na faixa da Ascensão Planetária, que estão conectados com os muitos grupos que trabalham para a Ascensão Planetária, esses, estarão vendo dentro de si profundas transformações.

A consciência está evoluindo rapidamente, porque o momento é de transformação. E porque as barreiras íntimas estão sendo quebradas em sentimentos de desalento.

Por isso, se acolham, se amem, se respeitem. Visualizem e acreditem no ponto de Luz do seu interior: no Eu Sou... No Eu Sou.

E assim se faz presente a Chama Violeta. E assim, neste momento, a Chama Violeta assume a Cura Planetária.

Esta é a Nova Era. Nós estamos fazendo os nossos sulcos, escrevendo a nossa história e fortalecendo os laços com todas as Almas que querem a evolução.

A serviço do Divino, Eu Sou Mestra Pórtia.  E abençoo vocês, e estou com vocês, e os acompanho, e vejo em vocês a sua Luz e o seu Amor.

Na consciência do Eu Sou, recebam o meu carinho e a minha paz.