quinta-feira, 14 de junho de 2018

Assuma o poder da sua vida











 Áudio








Ohomem nasce com muitas possibilidades a seu dispor. E, todos os dias, quando você acorda e abre os seus olhos, você pode escolher a quem servir. Pense nisso! Na hora que você abrir os olhos pela manhã, pense nisso: “A quem eu vou servir?” À luz ou à sombra? Às possibilidades infinitas do seu momento presente ou ao caos.
Na dualidade do planeta Terra, todos os dias, você tem amplas possibilidades. 50% delas estão sintonizadas com baixas vibrações, mas 50% estão conectadas à luz e ao amor. O simples ato de você pensar, o simples ato de você dizer para si mesmo “Eu posso escolher como agir. Eu tenho a escolha de pensar o que eu quiser a respeito disso que me acontece. Eu sou livre para escolher chorar a tristeza desse momento, ou acolher e entender isso que me acontece.”
Quando você assume a escolha de seu pensamento, você assume um incrível poder na sua vida. Pense nessa escolha diária como os galhos de uma árvore. Todos os dias, novos galhos virão, novos brotos aparecerão. E o seu caminho é assim. Quando um caminho é pautado pelo amor, mesmo em momentos tristes, mesmo em momentos de resgates pessoais, o amor sobrevive, prevalece, direciona. E muitos de vocês, que estão comprometidos com a espiritualidade, estão tendo, nos momentos atuais, o seu carma acelerado. Por isso, muitas vezes, vocês olham para a história de vocês e enxergam o fracasso, a doença, a dor, desafios, porque é preciso olhar para isso.
Meus amados, é preciso olhar para uma situação e dizer “Isso não é pobreza. Isso é experiência. Isso não é briga. É um resgate, é um desafeto.” Porque as coisas não são o que elas aparentam ser. Olhem com os olhos espirituais e vejam a relevância do momento. Soltem as suas amarras de dentro para fora. As portas espirituais também se abrem assim. É uma abertura no coração que propicia que grandes milagres aconteçam.
As almas mais conectadas com a luz são aquelas que recebem os testes mais profundos, porque elas já passaram das lições primárias.
Hoje e agora, vocês estão afinando a sua energia. A terra passa por grandes mudanças. Não trivializem isso. Mais uma vez, a humanidade encarnada se aproxima da mesma consciência e habilidades que o homem teve em Atlântida. Mais uma vez, a humanidade encarnada se encanta com as coisas da matéria e se desliga do espiritual. Mais uma vez, muitos espiritualistas estão mais preocupados em encher os seus bolsos de dinheiro do que de amor no coração. Se observem. Quem são vocês no meio desse caminho? A quem vocês servem? Todos os dias se perguntem: “A quem eu vou servir hoje?” Levem muito a sério a sua resposta, porque essa resposta será a tônica da sua vida, será a tônica do seu dia, será o caminho de escolha que definirá a beleza desse galho da grande árvore da vida.
Eu Sou Sananda e amo vocês. Amo profundamente. Amo com a capacidade de curar você. Abra o seu coração para me receber. Cristo falando com Cristo. Luz falando com Luz. Amor falando com Amor. Essa é a verdadeira sintonia. Essa é a energia que tudo cura e que o Bem expande. Recebam as nossas bênçãos, a nossa luz e a nosso amor. Quem tem a Deus tem tudo. Quem tem tudo, Deus, é pleno de felicidade. Vejam Deus em tudo: em cada movimento, em cada pessoa. Vejam que ali o Divino se expressa e dialoga com você.
Se, nesse momento, você não tem trabalho e é obrigado a conviver mais consigo mesmo, conviva de Cristo para Cristo, de Amor para Amor, de Deus para Deus.
Se, nesse momento, você tem que cuidar de uma pessoa doente, cuide de Cristo para Cristo, de Amor para Amor, de Deus para Deus.
Se hoje você está sozinho, ou sozinha, e não tem um companheiro, faça de Cristo seu companheiro, Amor para amor, Deus para Deus, e o companheiro da terra virá numa frequência de profundo amor que você está criando.
Se hoje você passa por alguma doença, ame a doença, Cristo para Cristo, Deus para Deus, Amor para Amor, porque a doença ali está para te curar. Quando você enxerga na doença a sua cura, ali Cristo está.
Se você hoje serve a sua família e sofre por um ente querido que desencarnou, olhe essa situação, Cristo para Cristo, Amor para Amor, Deus para Deus, porque na espiritualidade, esse filho que foi está vivo, é eterno, e nós cuidamos, Amor para Amor, Cristo para Cristo, Deus para Deus.
Amados, nós somos assim. Estamos em tudo, e tudo está em nós. Nenhuma pessoa aqui presente está esquecida do nosso coração, porque somos todos um. Estamos a serviço da evolução e do amor, e a nossa missão é a cura do pensamento, é a cura das crenças, é a cura da mente, do intelecto e da emoção. Vários grupos curam o corpo físico, e ali as almas se regeneram e têm a chance de continuar vivos. Nós aqui cuidamos do corpo espiritual, mental e emocional. Essa é a missão desta casa, para que as pessoas possam pensar, agir e viver conectadas ao Divino Eu Sou.
Recebam nossas bênçãos e o nosso amor e sigam em paz.





__________________________________________________________________________
Data: 13/06/2018
Canal: Maria Silvia P. Orlovas


__________________________________________________________________________









sexta-feira, 8 de junho de 2018

Não espere o sol para agradecer











 Áudio








Não espere o sol brilhar para agradecer. Agradeça antes até de ele nascer.

Não espere o seu filho crescer para falar para ele do orgulho que você sente dele e do amor
que vibra no seu coração. Diga agora. Diga hoje. Diga todos os dias.

Não espere encontrar a pessoa perfeita para se casar e expressar o seu amor, porque amor
não depende de sexo. Amor depende apenas de amor. Expresse o seu amor hoje.

É tempo de você, que está ligado ao mundo espiritual, se soltar da necessidade da forma para
encontrar a sua felicidade.

É tempo de você se soltar das suas necessidades para ser feliz e apenas ser feliz com o que
você tem hoje.

As pessoas, que vivem esperando manifestações de amor, de grande verdade, de grande luz,
de grande segurança para expressar o amor, a boa vontade, a caridade, o carinho, estão
perdendo incríveis momentos de amor em suas vidas.

Se você espera o amor aparecer, o sol aparecer, a noite se mostrar para você saber do
encantamento das estrelas, você vai deixar oportunidades lindas de amar hoje.

Se você desejar que as pessoas sejam perfeitas, do seu jeito, para você experimentar a
felicidade, você terá muito poucas oportunidades para ser feliz.

Pense nisso.

Olhe, nesse momento, nesse segundo, as coisas que você tem para agradecer e agradeça
agora.

Olhe, nesse momento, as pessoas que estão na sua vida, perfeitas ou imperfeitas. Esteja bem
com elas agora. E estar bem não significa estar escravo. Significa reconhecer o bem e ser livre
para amar, ser livre para reconhecer o outro.

Relações complicadas, às vezes, duram muitas vidas. E essas relações podem ser
transformadas, libertadas com o sentimento do amor em forma de reconhecimento.

“Eu reconheço o seu bem. Eu reconheço a sua luz. Eu reconheço quem você é. Eu te amo e eu
te liberto.”

Essa energia, essa consciência opera incríveis milagres.

“Eu reconheço quem você é. Eu reconheço o seu bem. Eu reconheço a sua luz. Eu te amo e eu
te liberto.”

Esta é uma grande ferramenta espiritual de libertação do carma, para que vocês possam ser
aquilo que são, para que vocês possam estar com quem sentem que devem estar,
reconhecendo a luz, reconhecendo o bem, acessando o profundo sentimento da elevação
espiritual, do amor e da luz.

Essa é a força da mensagem da Chama Rubi-Dourado. A Chama Rubi-Dourado reconhece a
força crística de cada um. Quando existe esse reconhecimento, seu para o mundo, seu para
você mesmo, seu para tudo que está a sua volta, há uma incrível regeneração no corpo, na
alma e no espírito. Tudo o que é você é reformulado. Tudo o que é você é reescrito,
reestruturado na energia do amor.

Trabalhe a consciência do reconhecimento. Reconhecer a graça de Deus. Reconhecer a bênção
do amor de Deus que vibra em você. Reconhecer o trabalho do outro. Reconhecer a atitude do
outro. Reconhecer a ajuda que você recebe todos os dias. Reconhecer a graça de Deus que se
manifesta em tudo em você: na sua inteligência, na sua saúde, no bom funcionamento do seu
corpo, na sua capacidade de pensar, na sua capacidade de servir, na sua capacidade de amar.

Através do reconhecimento de todas as graças, de todas as bênçãos, o universo, Deus, o amor
pode se manifestar na sua vida e trazer todas as curas que você precisa.

Eu Sou Mestra Nada, a serviço da Chama Rubi-Dourado, a serviço do grande amor do Cristo e
aqui estou para agir em você. E a você, meu amado, irmão e amigo, eu me doo com amor e
recebo com amor.

Estamos trabalhando para a ascensão do planeta. Estamos fazendo, em cada um de vocês, o
nosso trabalho de cura. E esta cura vem através do despertar.

A Chama Rubi está a serviço da ascensão.

Tenham luz. Tenham paz. E pratiquem todos os dias o reconhecimento. Quando você caminhar
e ver uma pessoa, reconheça a beleza dela, a singularidade dela, os bons atos. Quando você
olhar a paisagem, reconheça a beleza da paisagem. Quando você ouvir uma música, reconheça
a beleza da música e a sensibilidade, o talento do artista. Quando você comer uma comida,
reconheça a sensibilidade do gosto, a capacidade de quem fez. Reconheça! Você vai curar as
pessoas com o seu reconhecimento, e você será curado, porque as pessoas virão até você
igualmente reconhecendo as suas dádivas. Mas o mais importante é a sua vibração de
profundo amor e profunda luz, porque a luz está em você, o processo é seu, a conexão é sua. É
uma abertura de caminhos para o novo na sua vida.

Paz, meus amados, muita paz! Nós reconhecemos o seu amor e a sua luz.

A serviço da Chama Rubi-Dourado, estamos ativando a energias de cura em cada um de vocês.
Recebam!








__________________________________________________________________________
Data: 06/06/2018
Canal: Maria Silvia P. Orlovas


__________________________________________________________________________



Clique aqui e assista a aula especial gratuita.












sábado, 2 de junho de 2018

Viva a verdade do amor











 Áudio








Quando o amor veio à Terra como homem, ele não foi reconhecido. Muito já se falou de Jesus, da sua peregrinação, da sua força, das suas sábias palavras, das suas curas, do seu direcionamento, dos seus olhos, das suas habilidades, do seu ar guerreiro, do seu poder pessoal, do seu medo, da sua morte, do seu renascimento.
Mas a grande cura de Jesus foi e continua sendo o sentimento profundo de amor. E este amor está em você. Quando você desperta esse amor e vive a verdade desse amor, sem medo de quebrar os paradigmas da sua vida, sem medo de romper com as suas histórias, sem medo de magoar as pessoas, sem medo de viver a sua verdade, você manifesta o amor e paga os preços pelo amor.
Quando Jesus encarnou, Ele pagou o preço de encarnar no meio de uma profunda ignorância e de um profundo materialismo. Igualmente, hoje, cada pessoa que quer viver o Amor do Cristo terá que pagar na sua vida o preço da verdade, o preço da consciência, o preço da atitude, o preço da sua ação na sua própria vida.
Quando você é amor, o amor se manifesta, mas há estágios da manifestação do amor. Num primeiro momento, ele pode trazer muitas quebras, rupturas, e você pode olhar para si mesmo e achar que se enganou, que não deveria ter feito isso, que deveria ficar na sua zona de conforto, vivendo aquilo que você estava vivendo.
O preço do amor para alguns pode ser muito caro, muito alto. E aí você pode olhar com medo para sua própria vida e dizer: “Não, não vou fazer isso. É demais para mim. Não quero magoar as pessoas. Não quero brigar. Não quero correr riscos”. E aí você não vive o amor.
Jesus não foi lembrado pela sua morte e não deve ser lembrado como aquele que foi crucificado. Jesus é o exemplo do amor. Os atos que mais tocam o coração são os atos de amor, sem medo de pagar o preço do amor.
Permita que o amor venha para você e desconstrua suas máscaras e desconstrua suas crenças limitantes. Você não precisa de todo o dinheiro do mundo. Você não precisa do sorriso falso de todas as pessoas a sua volta. Você não precisa agradar àqueles que não são atingíveis pelo agrado. Você não precisa deixar de ser você para ser amado. Ame profundamente o seu Cristo Interior e assuma na sua vida a sua verdade. Ame quem você é e perceba que o seu ato de amor não vai machucar os demais. Quando você se ama, se respeita e vive a sua verdade, os outros talvez sigam em você, olhem para você e, em algum momento da vida deles, também escolham viver a verdade deles, mas isso não é mais problema seu. Isso é de Deus, não te pertence. Você pertence ao Cristo, e Cristo pertence ao Amor, e o Amor pertence a você. Há uma unidade no sentimento.
Liberte as pessoas do seu desejo de deixar tudo plano, do seu desejo de deixar tudo certo, do seu desejo de não magoar ou ofender as pessoas. Não assuma falsos sacrifícios como verdadeiros atos de amor, porque eles não são. O amor, acima de tudo, é a verdade. Amar a si mesmo é o primeiro passo do amor. Assumir o seu compromisso com você é o primeiro passo do amor, e os passos restantes virão para você. Mas lembre-se, assim como nosso Amado Mestre teve o seu caminho a percorrer, você também terá o seu, com momentos de mais alegria, com momentos de aflição, com momentos de prazer e de dor, como é a vida na Terra.
Amem vocês mesmos.
Ame você como você é e assuma a sua luz e assuma a sua verdade.
Eu Sou Sananda e ofereço a vocês aquilo que mais forte existe em mim, que é a cura através do amor.
E não se intimidem com coisas do mundo, com situações que são passageiras. Vocês vivem e estão encarnados no país que merecem e em que precisam viver. Façam da sua doação de amor, do seu amor, verdadeiro amor a cura de onde você está e procure estar no amor para que o amor mantenha você com a sua vibração elevada, com a sua conexão de luz, com o seu otimismo e com o seu melhor. Aquilo que você oferece ao mundo, o mundo oferecerá a você.

Recebam as nossas bênçãos, nossa orientação, nosso amor e nossa fé. Tenham paz. Amamos você.








__________________________________________________________________________
Data: 30/05/2018
Canal: Maria Silvia P. Orlovas


__________________________________________________________________________



Clique aqui e assista a aula especial gratuita.












sexta-feira, 25 de maio de 2018

Dualidade











 Áudio








Meus amados,

A doença, a morte, as privações ainda são energias necessárias na terra. São energias que
fazem parte da dualidade do planeta. São energias que ainda mobilizam a ação do homem.

Quando algo acontece na sua vida, de alguma forma, através do sofrimento e da dor, as
pessoas se obrigam caminhar, as pessoas desejam libertação, as pessoas olham para aquilo que não funciona em suas vidas e aceitam o novo, aceitam desafios, se permitem crescer, se permitem vibrar numa outra instância do seu ser.

Meus amados, nós sentimos muito que a evolução tenha que vir através da dor, mas até a dor,a morte, a doença são atributos necessários para a evolução humana. Por isso, devemos acolher a dor, a morte, as doenças, as perdas. Devemos respeitar o momento da morte, o momento da dor, o momento das perdas, porque, sem esses momentos, não haveria evolução, e a estagnação, ela não permite que a alma se desprenda, se desdobre, se mostre na sua beleza maior. Porém, seja qual for o motivo de sofrimento ou de dor, que você enfrente ou tenha enfrentado, não seja um prisioneiro da dor. A dor pode existir. As pessoas que se recusam a olhar os sentimentos negativos não evoluem. As pessoas que não querem o sofrimento, de forma alguma, que não aceitam a frustração, ficam presas a um sofrimento muito maior do que a própria doença, do que a dor, do que a morte.

A negação dos estados naturais do corpo, dos estados naturais da evolução do homem
encarnado provoca muito mais sofrimento que o próprio sofrimento. A negação é um estado de profunda escuridão da alma. Quando você sofre uma perda, quando você sofre uma dor, um sofrimento, uma doença, é o seu momento de despertar, é o momento, onde caem as máscaras, onde se quebram as armaduras e onde a alma pode se expressar.

A Chama Verde da cura se manifesta através da grande verdade. Verde e a verdade. A verdade que cura, porque, nos momentos onde você se sente desnudo, frente à vida, frente aos amigos, frente à família e ao próprio sofrimento, você deixa de precisar de muitas coisas, você vive grandes libertações, e, ainda que seja um momento de muita dor, será igualmente um momento de muita evolução e muita cura, se você assim permitir.

A morte é uma passagem, não é um castigo, e aqueles que vão para o plano espiritual recebem de vocês todas as emanações feitas no plano da Terra. Quem morre não ascensiona imediatamente, não está na luz imediatamente. As pessoas que desencarnam vão para um plano semelhante àquele em que viviam na terra. Por isso, é preciso se preparar para viver e se preparar para morrer.

Trabalhe a sua vida para ter uma vida com amor, com verdade, com libertações e com cura. E assim será a sua morte, um intervalo entre uma outra existência encarnado no planeta, um intervalo de equilíbrio, de amor e de luz. Quando você compreende isso profundamente no seu ser, você é curado. Quando você compreende profundamente que é preciso tirar a amargura do coração, a morte, a doença, as tristezas, as mágoas, as decepções deixam de ter a mesma força. Elas se quebram como um dia foram quebradas as suas máscaras. E aí você está pronto para abraçar a vida, abraçar o sentimento de eternidade, o sentimento do bem, o sentimento do amor.

Eu Sou Mãe Maria e vibro na vibração da Chama Verde. Trabalhamos as curas espirituais.
Acolhemos a dor dos aflitos, acolhemos as suas preces e as suas orações, acolhemos os seus enganos e sofrimentos. Nenhuma oração deixa de ser ouvida. Nenhuma prece deixa de ser atendida. Nenhum mantra que vocês profiram com o coração deixa de ser transformado em luz e oração.

Nós trabalhamos, na vibração da Chama Verde, a presença da cura da Grande Mãe em cada um de vocês. Em cada coração, estamos ativando a energia de cura, estamos ancorando em vocês a consciência de que o amor é possível.

Nesse momento, vejam o seu coração, coração no sentido espiritual, aquele mesmo pintado por artistas que fizeram o coração do Cristo, o coração de Maria, um coração de espinhos, e tirem desse coração cada um dos espinhos. Visualize este coração, que é o seu coração no sentido espiritual, o símbolo do seu coração, vibrando iluminado na cor da saúde, na cor da luz, iluminado, sem nenhum espinho. E se tem algum espinho emocional, uma memória de dor, que simbolicamente aparece aí como um espinho, retire do seu coração e cure o seu coração. Mediunicamente, estamos cuidando de cada um de vocês, estamos ativando em cada um de vocês a energia de cura.

Eu Sou um Ser de Amor. Você é um ser de Amor. Nós somos seres de Amor. Nós estamos,
nesse momento, semeando o profundo Amor em todos vocês. Recebam!
Procure visualizar, guardar essa imagem desse exercício, dessa meditação, que vem com a minha presença e Arcanjo Rafael em sua mente.
Procure ouvir e repetir a consciência da cura da Chama Verde.
Recebam as emanações de puro Amor, de pura Luz.












__________________________________________________________________________
Data: 23/05/2018
Canal: Maria Silvia P. Orlovas


__________________________________________________________________________



Clique aqui e assista a aula especial gratuita.