sábado, 27 de junho de 2015

Os desencontros necessários - Mestra Pórtia



 Áudio

Os desencontros necessários.

Não há uma vida apenas de certezas, meus amados. A vida é feita de muitos encontros e de vários desencontros necessários.

Não se cobrem o tempo todo, estarem bem com as pessoas. Você pode ser uma pessoa muito assertiva, cheia de boa vontade. Pode ser que você se trabalhe espiritualmente para ser uma boa pessoa.

Mas, os desencontros são necessários, porque as relações são se fazem apenas por palavras, olhares ou atitudes, neste mundo – há uma série de energias.

O seu companheiro, a sua companheira – aqueles que estão ao seu lado – eles não andam sozinhos. Nenhuma pessoa vive só.

Ainda que você viva na sua casa, neste mundo objetivo, sozinho – você está acompanhado por espíritos. Você está acompanhado por pessoas que já viveram com você: suas afinidades, a sua família espiritual e a sua hierarquia.


Além da família espiritual, que são aqueles seres que já viveram com vocês em muitas vidas – que fazem parte da mesma egrégora e que sempre caminham juntos – as pessoas estão envolvidas com almas no outro nível de consciência, que são a sua origem cósmica... Que são conexões com uma espiritualidade muito elevada – não necessariamente evoluída.

Então: você é você; você faz parte da sua família carnal; você faz parte da sua família espiritual; e você faz parte, você está conectado a uma hierarquia espiritual – a seres que vem de outras galáxias e outras dimensões, inteligências cósmicas.

Então, muitas vezes, aqui no mundo da matéria, onde todos estão vestidos com as roupas da carne – com o corpo físico –, e que todos parecem iguais e irmãos... Entidades, muito diferentes, podem cruzar o seu caminho.

E você, num momento ou no outro, encontrar com eles, cruzar com eles, se envolver amorosamente e sexualmente. Porém, esses envolvimentos, são desencontros necessários.

São pessoas que passam pela sua vida, que passam por você, ou que você passa por eles. Porque ali há um aprendizado; uma troca, informações, acertos e acordos que podem se finalizar.


O karma a ser cumprido, pode levar o tempo que for, as vidas que forem. Porém, quando ele se cumpre, há um outro caminho, há uma outra luz, há um outro entendimento.

Vocês nem sempre falarão com o seus parceiros, filhos e amigos, a mesma língua. E quando trabalham a sua espiritualidade... Quando buscam a evolução, estudam, se envolvem na melhoria da sua percepção, do seu espírito, do seu caráter... Naturalmente, alguns amigos se afastam. Pessoas vão embora da sua vida.

E assim é. Porque há uma enorme mudança na vibração. Uma mudança que vocês não controlam. Uma mudança que não é conectada apenas ao seu mental. São mudanças energéticas e espirituais, que devem ser respeitadas.

Encontros são necessários e desencontros também. Existem momentos de transformação, e quanto mais vocês se harmonizam e se libertam do seu karma, mais rapidamente esses momentos acontecem. Mais rapidamente as pessoas vêm e vão de sua vida: amigos, trabalhos, pessoas que você ama, e deve amar com compreensão e desapego.

Trabalhe a sua energia. Faça a sua conexão com o seu Eu Divino. Os rituais de Queima do Karma ajudam no processo de limpeza, ajudam você se conectar com a sua luz. Você é a luz.

E o karma, quando acolhido com o seu sentimento de auto perdão e de auto libertação, pode ser transformado.

Você é a chama piloto da Chama Violeta. O seu Eu, a força do seu coração é a chama piloto da Transformação.

Recebam as nossas e a nossa luz. E sigam em harmonia e em paz.

Em sintonia com a Chama Violeta, Eu Sou Mestra Pórtia. E trabalho a serviço da Ascenção. Professora do espirito do caminho da ascensão.

Transmutem as suas dúvidas na Chama Violeta. Quando se sentirem sozinhos, quando se sentirem desamparados e em dúvida de como agir, ofereçam a situação – a energia – para a Chama Violeta. E peçam que a amada Chama – o princípio ativo do Divino – transforme vocês e libertem vocês.

E não tenham medo da liberdade. Jamais associem liberdade á solidão. Liberdade é viver em profunda harmonia com o infinito e com a plenitude.

Aquele que é livre espiritualmente, não é um homem só. É um homem pleno. É um homem preenchido de harmonia, abundância e de amor.

Libertação não é solidão. Libertação é Plenitude.

Recebam as minhas bênçãos e meu amor. E sigam em paz.


_____________________________________________

Fonte: mariasilviaorlovas.com.br

*O texto de transcrição do áudio foi levemente editado para 
uma melhor leitura.


sexta-feira, 19 de junho de 2015

Mestra Rowena - Não existe o lado certo das coisas



 Áudio

Meus amados... Não existe o lado certo das coisas.

As coisas são o que elas são. As pessoas são o que elas são. Os acontecimentos da vida são o que devem ser.

Todos aqueles que buscam não errar, estão impedindo o fluxo da vida. A vida é um constante aprendizado, um eterno vir a ser.


Observe o Mar. As ondas se formam num fluxo e refluxo de si mesmas.
Quando você se torna uma pessoa muito crítica, naturalmente você se tornará também muito cruel, exigente, bravo... E será essa a energia que você quer mandar para o Mundo?

Quando você é crítico, você atrairá para perto de você pessoas também críticas, pessoas também cruéis, pessoas também exigentes.

Quando você é bondoso, amoroso, disponível, mais tranquilo... Naturalmente você estará atraindo pessoas que queiram compartilhar da sua energia. É o fluxo e refluxo das ondas.

E aí alguns poderão dizer assim: Mas eu nasci numa família difícil. Eu venho de uma criação muito exigente. Eu estou querendo quebrar com isso.

Ainda que as ondas se arrebentem na praia, elas continuam fazendo parte daquela mesma água, daquela mesma energia.

Os relacionamentos se quebram aqui, se reconstroem ali. Você não se liberta daquilo que você é. Você veio de um núcleo que é compatível com a sua energia.

Você alimenta aquele núcleo, com os seus pensamentos, com a sua carreira, com as suas escolhas, com o seu casamento, com as suas brigas, com o seu fracasso ou com o seu sucesso.

E esse grupo, da mesma forma, alimenta você. Por isso, o caminho da Ascensão Espiritual é, e deve ser, o caminho do Amor. Por isso o caminho da Ascensão Espiritual é, e deve ser, você olhar para si mesmo.

Enquanto temos olhos para ver os outros, enxergar os defeitos alheios, criticar, nomear... Nós estamos perdendo o foco de nós mesmos.


Ouça mais. Observe com amor. Porque enquanto os seus olhos estiverem sujos, carregados de julgamentos, você verá o feio.

Quando os seus olhos estiverem mais tranquilos, você poderá observar que mesmo em situações difíceis, existe sempre uma luz.

Você é a Luz do Mundo. Você é a Luz do seu mundo. Você é a Luz.

Observe, que de todo esse Oceano e de ondas que vem e que vão... De nascimentos e mais nascimentos... Porque você é um espirito que já passou por muitas vidas.

Quem é você? Quem é o ponto central do seu ser?
Escolha qual é esse ponto. Olhe para esse ponto. E compreenda que tudo o que está a sua volta, faz parte da sua energia.

E se você está em processo profundo de transformação, saberá com certeza que não existe um certo absoluto, nem um erro absoluto.

As coisas estão na sua vida para ensinar. E até a dor, podemos render gratidão. Porque muito aprendemos com aquilo que não funciona. Muito aprendemos com aquilo que não dá certo.


Foquem na sua luz. Vivam o seu bem. Sejam seres de amor.

A Chama Rosa, a qual eu trabalho, rende amor á vocês... Oferece amor a vocês. Nós somos representantes do sacrifício do amor. De fazer sagrado o ofício do amor.

Eu Sou Mestra Rowena e amo vocês. Ofereço o meu jardim de rosas, a suavidade do meu castelo. Um castelo feito de amor, de encontro de almas e de evolução espiritual.

No mundo sutil, existem muitas moradas. E a chave do ingresso para estas moradas é a sua vibração. Onde você vibra – ali você pode entrar.

Nesse momento, estamos trabalhando a energia de vocês. Para que vocês consigam elevar a vibração, sutilizar pensamentos, abrir mão de mágoas e sintonizar amor.

Bênçãos e luz. Sigam em paz.

_____________________________________________

Fonte: mariasilviaorlovas.com.br

*O texto de transcrição do áudio foi levemente editado para 
uma melhor leitura.


domingo, 14 de junho de 2015

Canalização - Um Favo de Mel



 Áudio

Meus amados... Há em cada um, um pedaço de mel, um Favo de Mel.

Espiritualmente, nós acreditamos nessa doçura, nessa capacidade de amar, nessa capacidade de vibrar o bem.

Nós acreditamos em vocês. Nós acreditamos que cada um está vencendo o seu pedaço, o seu caminho. Nós acreditamos que para experimentar a doçura do fruto, a casca deve ser retirada.

Não reclamem de suas dores. Porque através dessas dores a alma está se mostrando. Através das experiências, que exigem de vocês a transformação, a sua alma está se mostrando.

Através das situações de aparente conflito, ou  aparente abandono vocês vão se obrigando a crescer e se fortalecer.

Estejam presentes além do olhar. O seu olhar, traz a história parcial da verdade. A sua compreensão traz apenas a aparência do que vive ali.

Esteja antes da compreensão, antes do olhar. Esteja conectado ao seu Eu Divino.

A sua luz, o seu coração, trará a você a força necessária para vencer esse momento.

Você não está só. Estamos com você.

As quebras são necessárias, para que o seu miolo  cheio de mel, cheio de luz, possa se mostrar.

Nesse momento, estamos tocando o coração de cada um.

Visualize, imagine o seu próprio coração aberto, como um coração sagrado de uma flor. E recebam o nosso toque de amor.

A serviço da Elevação da Consciência e da Ascenção, Eu Sou Maria. E amo vocês.

Tenham paz.

_____________________________________________


 Áudio

Você não está só.

A solidão é sempre uma impressão. E quanto mais você distanciado está, do seu Eu, do seu núcleo, mais solitário você se sente.

As experiências se avolumam na vida de uma pessoa, não como acúmulo de sofrimento ou de dores, mas, como oportunidades de crescimento. Oportunidades de avanços para a alma, para a mente, para o espírito e para o próprio corpo.

Da mesma forma que vocês precisam cuidar do corpo, com exercícios, técnicas, caminhadas, alimentação, remédios... Vocês também precisam trabalhar a mente e as emoções.

A humanidade, ainda tão distanciada está da sua consciência, que se dedica ao culto ao corpo e esquece do culto à alma, à mente, às emoções e ao espirito.

Muitos de vocês são incapazes de sair de casa, sem lavar o rosto, pentear os cabelos, escovar os dentes. Mas, muitos de vocês saem de casa sem erguer uma prece, sem lembrar que vocês acordaram e estão respirando porque estão vivos. Em verdadeiro movimento de gratidão e conexão com o Divino.

Nós estamos aqui para lembrar e não para cobrar.
Quando vocês se lembram de nós, nós podemos estar com vocês.
Quando vocês nos chamam, nós podemos tocá-los, amá-los e ampará-los.

Não evitamos os problemas que vocês mesmos causam para a sua vida. Porque os problemas, causados por vocês, pelo seu karma – escolhas e atitudes – vem também para o seu crescimento e avanço espiritual.

Podemos juntos tornar mais fácil, aliviar o peso do caminho, aliviar o peso das experiências. Trabalhamos dentro do coração. E ativamos a sua vontade de falar o bem. Os seus olhos dentro dos seus olhos, para que vocês vejam e ouçam o bem.

Estamos ativando os órgãos internos da percepção mediúnica. Sabem vocês que é para isso que servem as glândulas. O Sistema Glandular, ele está conectado a ação dos Chakras.

Quando vocês ativam a energia poderosa espiritual – através das meditações, dos nomes sagrados, dos mantras – vocês ativam os seus Chakras. E os seus Chakras ativam o seu sistema glandular. E as suas glândulas equilibram o corpo, a mente e a alma. Tudo está interligado.

Ativando a energia do coração, a energia do amor, vocês estão ativando a saúde afetiva. Vocês estão ativando a saúde do corpo também. Vibrem o Bem.

Nós estamos sempre junto. Não há solidão para aqueles que querem nos ver. Estamos junto das boas e das más ações. Nós não escolhemos em qual momento amar vocês.

Vocês podem escolher em qual momento se conectar a nós. Vocês podem escolher qual momento levantar uma prece. Vocês podem escolher qual momento acreditar na espiritualidade.

Nós não escolhemos. Nós acolhemos vocês nos bons momentos – lembrando ou não de nós. E acolhemos vocês dos maus momentos – quando procuram a nossa ajuda. E também, nos maus momentos, quando se esquecem que podem nos acionar.

Estamos a serviço de Maria. Somos Anjos, a serviço de Maria.

Falo “somos”, porque não precisamos da identificação de um nome ou de uma forma. Servimos ao Amor da Grande Mãe. E estamos conectados à sua Divina Presença.

A Terra está num momento de Ascenção Espiritual. E nós estamos trabalhando pelo despertar de muitos. E vocês devem sempre trabalhar pelo o seu próprio despertar, pela sua própria elevação.

Onde as pessoas oram, onde as pessoas se dão as mãos, onde as pessoas têm bons olhos – ali o amor pode prosperar.

A evolução se dá através de vocês e com vocês. A Grande Mãe está cuidando deste momento espiritual. Façam a sua conexão com o seu manto sagrado.

E não pensem nos problemas como desvios. Problemas são oportunidades de elevação.

Bênçãos e Luz. Sigam na paz.

_____________________________________________

Fonte: mariasilviaorlovas.com.br

*O texto de transcrição do áudio foi levemente editado para uma melhor leitura.


quinta-feira, 4 de junho de 2015

Maria Padilha - O amor fora de controle



 Áudio

O amor fora de controle.

As pessoas amam, esperando sempre receber algo em troca. Eu fui assim. E tenho certeza, que vocês assim o são.

Fazemos os nossos atos, olhamos para o outro, tocamos com a mão, abraçamos, beijamos, amamos... Sempre esperando aprovação. Sempre esperando o entendimento. E quando essa aprovação, esse entendimento não vem, mergulhamos na profunda dor.

O sentimento da rejeição é o sentimento mais infeliz. É o sentimento mais difícil de ser curado. Normalmente, aqueles que amam, estão indo atrás no outro daquilo que não tem em si.

E já não é mais tempo de se enxergar como a parte de uma laranja, em busca da sua tampa – em busca da sua outra metade.

Vocês são seres únicos. Eu descobri que sou única. Sempre fiquei procurando, nos meus parceiros, o meu próprio gosto. Sempre fiquei procurando naqueles que eu amava: o meu perfume, o meu sabor, o meu cheiro, a minha presença.

Eu queria do outro, aquilo que eu não era capaz de oferecer a mim mesma. E isso não me trouxe só tristeza. Como eu sei que o amor não traz apenas tristeza – mesmo quando ele é um caso perdido – o amor me trouxe evolução.

Por conta de amar e não me sentir amada, eu busquei os erros em mim. Eu busquei as minhas atitudes, falhas... Eu busquei iluminar os meus quartos escuros. Eu busquei me despir de ego e de vaidade.

E muitas vezes, mergulhei no chão, pedindo pro outro:

    – Por favor, me ame. Olhe pra mim. Eu existo. Eu digo “eu te amo”, porque eu quero ouvir “eu te amo” de volta.

E muitas vezes, eu visitei a dor e a solidão. Mas isso não foi apenas ruim. Eu aprendi muitas coisas, em alguns momentos de dor, eu disse para mim mesma:

    – Nunca mais vou me rebaixar! Nunca mais vou pedir para o outro que ele me note. Eu sou melhor!

E fui para o extremo oposto. Caí no meu ego, no orgulho e na vaidade. Caí no sofrimento e na solidão, porque as noites ficaram mais escuras e a minha cama mais fria... Porque eu não tinha ninguém ao meu lado.

Foram muitas histórias. Eu vivi muitas histórias. Onde, por amor – por desejo de amar – me faltou o Amor.

E eu posso dizer a vocês, que a cura, nunca esteve nas mãos que não me tocaram. Nunca esteve nos olhos que não viram a minha beleza, que não reconheceram o meu esforço.


A cura, nunca esteve no meu parceiro, que esqueceu de me amar. A cura nunca esteve naquele que não reconheceu a minha beleza, a minha plenitude, a minha força de mulher.

Eu fui descobrir que eu tinha que fazer bela para mim mesma. Aprendi que eu tinha que tirar o foco do amor romântico, para enxergar um outro topo de amor, um outro tipo de vida, um outro tipo de sentimento.

E hoje eu posso compartilhar com vocês. Eu estou em evolução. E hoje, foi me permitido vir aqui e dar a minha mensagem, porque eu estou aprendendo a viver essa energia – a energia do Amor.

Um amor que não vem pronto, para os humanos. Nós sentimos a fagulha do amor no nosso coração, mas nós temos que nos aprontar para ele. Nós temos que nos transformar através do amor. Nos podemos crescer através do amor, expandir através do amor.

E eu ofereço a vocês esse sentimento. Eu desejo que vocês vibrem nesse sentimento, na Expansão do Amor.

Eu descobri, através dele, que eu era o Amor. Que eu tinha luz dentro de mim. E que a minha luz, que o meu amor – que devia bastar em mim mesma – poderia me oferecer a parceria de muitas pessoas...

De um parceiro que eu pudesse amar, de filhos, de amigos, de irmãos, de pessoas que eu descobri – estavam a minha volta – esperando eu despertar.

E hoje eu vejo que eu quero ser uma fruta inteira. Eu não quero mais ser uma metade. Eu quero viver aquilo que Eu Sou.


Expresso aqui a minha gratidão, ao aprendizado do Amor. E a cada dia esse aprendizado me liberta.

Não vivam a tristeza – vivam o amor;
Não vivam o abandono – vivam o amor;
Não vivam a rejeição, porque ninguém merece ser rejeitado – vivam o amor.

Quando vocês se sentirem profundamente sozinhos, estejam com vocês mesmos. Aprendam a ser o seu melhor amigo, o seu melhor companheiro e o seu amor.

Assim, vocês serão pessoas melhores, para os seus familiares, para os seus amigos, para os seus filhos e para os seus amantes.

Eu Sou Maria Padilha. E estou trabalhando a serviço da Evolução do Amor.

Muitos seres, do meu nível de vibração, estão em aprendizado profundo. Porque é esperado que a Terra alcance um novo patamar de vibração. E todos nós evoluindo, evoluímos com a Terra.

Com amor e a serviço do Bem Maior, eu saúdo vocês. Na luz dos Mestres e em paz.

_____________________________________________

Fonte: mariasilviaorlovas.com.br

*O texto de transcrição do áudio foi levemente editado para uma melhor leitura.