sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

Quem é o seu Deus?












 Áudio










Meus amados, quem é o seu Deus?

Nós devemos nos perguntar sempre: - Quem é o nosso Deus?
Muitas vezes as pessoas querem muito o contato espiritual. Querem um direcionamento, querem uma luz, querem uma resposta.
Mas elas se esquecem de perguntar a si mesmas, de se observar, de observar aquilo que pensam, aquilo que sentem. Elas se esquecem de olhar para dentro de si, de olhar os seus próprios pensamentos.
Vocês já sabem: vocês são almas despertas.
Deus está onde está a sua energia.
Deus é o Todo, Deus é a própria vibração!

Deus, ao contrário do que muitos pensam, não é o Bem nem é o Mal.
Porque Bem e Mal são conceitos relativos à capacidade de enxergar o Bem e de enxergar o Mal.
Aquele ser que transcendeu a dualidade, que vê o Bem em todas as ações, que consegue enxergar a luz apesar de situações de escuridão, esse ser não está mais preso à dualidade.
Então ele entende a presença de Deus em tudo.
E aí o Deus desse ser passa a ser abundante, próspero, amoroso, íntimo, tranquilo, bom.

Mas esses sentimentos estão no homem e como Deus é a própria vibração, o impulso maior, a luz maior, amorosamente Deus oferece a esse filho a exata emanação que ele próprio criou.
E assim Deus se faz homem e homem se faz Deus.

No entanto, aquele que está preso aos julgamentos, à noite escura da alma, ao sofrimento, às ambições materiais e cada vez mais comprometido com o mundo e com os naturais movimentos do mundo, impulsos positivos e negativos que o tempo inteiro tiram você do seu eixo, Deus se torna isso, Deus se torna a dualidade.
Deus se torna o sofrimento, Deus se transforma no seu guia no meio da escuridão.

Mas esse Deus poluído está pelas suas vibrações, poluído está pelos seus desejos e por suas dores.
E aí o homem se perde de si mesmo e se perde do próprio Deus.
Então nós, como professores orientadores do Espírito, numa hora como essa, nós nos aproximamos e perguntamos a você, amorosamente:
- Quem é o seu Deus? Qual é a energia que ocupa você a maior parte do seu tempo?

Amados, não falamos do tempo da oração, não falamos do tempo da meditação, porque nesse momento de oração e de meditação, vocês estão vibrando numa oitava superior. Mas e o restante do dia: 
-Você é alegre ou você é triste? Você é gentil ou você é ríspido? Você é bravo, ou você é uma pessoa boa, acessível aos demais?
Esses atributos, que são seus, também são de Deus.
Porque a sua energia faz parte do Divino e você é o próprio Divino. Que, na sua intimidade, escolhe se manifestar dentro desses comportamentos e vibrações.
Aí o sábio pode nos perguntar:
- Então, se todos os dias eu meditar duas horas, apenas pensando em coisas boas, eu transformarei a minha vida?
E a nossa resposta é:
- Sim.
Quanto mais você colocar o foco de seus pensamentos e suas atitudes em amor, em esperança, em paciência, em tolerância com os demais, em compaixão, esse Deus dessas forças estará direcionando a sua vida, limpando os seus carmas e oferecendo um destino mais leve para você.

Muitos vêm para esta vida com o intuito de encontrar os seus desafios cármicos, de resolver todos eles, e se perdem no mundo material, buscando facilidades.
Amados, busquem o amor, busquem a bondade, busquem servir, serem boas pessoas, bons amigos, bons irmãos, bons filhos, pessoas fáceis para a ação do Divino.
Essa é a chave para se libertar do carma, para facilitar seus próprios caminhos e para se aproximar de Deus.

Eu sou Sananda e escolho amar vocês de uma forma muito fácil.

Porque, no momento em que eu projeto o meu amor para cada um de vocês, meus filhos, meus estudantes, meus companheiros de jornada, meus amados, quando eu enxergo vocês assim, eu sei que o meu amor provoca essas vibrações em vocês.
Eu sei que o meu olhar promove em vocês que vocês se fortaleçam no Bem.
E que esse olhar se torne um olhar que vem de dentro de você para analisar o seu mundo.
A força de um ser iluminado, de um mestre ascensionado, de um ser que tem a função de ser um orientador na Terra promove incríveis transformações.

E nós, acreditando nessa capacidade que temos desenvolvida junto ao nosso Eu Crístico, praticamos um mantra que diz:
Eu vejo Deus em você.
Eu Vejo Deus em tudo à minha volta.
Eu vejo Deus em todo aprendizado que chega até mim.
Eu vejo Deus até nas dificuldades, porque ali estão as opções, as condições do meu crescimento.
Eu Vejo Deus em você.

Nesse momento, estamos envolvendo essa casa e cada um de vocês numa energia de profundo amor, de profunda luz. A luz que cura as dores, a luz que ampara os fracos, a luz que acolhe as almas perdidas, a luz que ama sem a necessidade de expressar em palavras.
Porque eu vejo Deus em você!

Amados sejam, amados são!
Recebam a nossa energia e o nosso amor.
E procurem em suas vidas praticar essa forma de viver. Nas pessoas, na sua convivência, vejam Deus nessa pessoa. Ainda que possam ter expressões e palavras negativas, veja Deus nesse ser humano.
Veja Deus na planta, veja Deus no caminho de terra, veja Deus no dia quente, veja Deus na abençoada chuva, veja Deus na sua comida, veja Deus na causa que você habita, no banho quente que você toma todas as noites.
Veja Deus nos lençóis limpos que acolhem você.
Veja Deus nas conversas e desafios que obrigam você a ser melhor do que você é.
Veja Deus nas pessoas que desafiam você a descobrir alternativas, descobrir potenciais sentimentos e ferramentas para amar.
Assim vocês estarão praticando a presença de Deus, a presença positiva amorosa e boa de Deus! Estarão entrando na frequência da vibração do amor. E o seu Deus se transformará em facilidade, amor e glória.

Eu vejo Deus em você!
Resta saber se você vê Deus em si mesmo.
Amados sejam, amados são, eu sou Sananda, na vibração de Jesus, digo que amo vocês!
Tenham luz e tenham paz!
Namastê!




  
__________________________________________________________________________
Data:13/02/2019
Canal: Maria Silvia P. Orlovas
Colaboração: Francisca Motta


__________________________________________________________________________









Nenhum comentário :

Postar um comentário