sábado, 31 de agosto de 2013

Descobrindo um novo olhar!




Às vezes fico pensando na vida, sou mesmo muito introspectiva. Observo as coisas, as pessoas, e talvez pela mediunidade aguçada, tudo à minha volta acaba tendo grande significado. E escrever, tentar formatar o pensamento, tem sido um grande exercício de clarear as emoções. 
Antes sentia, e guardava para mim as impressões, hoje compartilho. E todas as vezes que me preparo para compartilhar, algo mais me toca, algo mais me chama, algo mais se aclara.
Tenho aprendido muito com o blog, com o Facebook, e agora com o Instagram!


Olha que foto linda do meu filhinho Ônix!
Ele não é lindo?
Eu acho, pois adoro ele. Aliás adoro meus gatos, e acho todos eles fofos, queridos. 
Todos os dias vejo  suas graças, faço carinho, e sigo em frente com o dia, como todo mundo faz. Mas com essa história de fazer posts no blog, comentar a vida no Facebook, e colocar fotos no Instagram, comecei a desenvolver um novo olhar para coisas corriqueiras. 
Já que minha vida é simples. Não sou rica, não fico viajando o tempo todo, nem tenho lindas paisagens para mostrar, comecei desenvolver um novo olhar para o cotidiano.



Tenho visto e registrado histórias do dia a dia. Percepções de coisas simples que me tocam o coração.
Coisas que antes, quando meu olhar não tinha compromisso, passavam por mim sem que eu desse atenção.
Interessante não é?
A luz estava lá. As pessoas também, os fatos da vida acontecendo, trazendo colorido, aprendizado.... Mas se não temos olhos para ver, tudo passa.


Momentos pessoais. Pessoas que a gente ama. Caminhos... Tudo vai seguindo numa seqüência louca, cheia de afazeres, obrigações, e sentimentos mal resolvidos.
Somos assim, rápidos, dispersivos, nervosos, e soltos na nossa mente sem foco.
E quanta coisa linda a gente perde por que não tem olhos para ver?


Este aí em cima é o meu Freddy, meu outro gato, que como costumamos dizer aqui em casa, passou duas vezes na fila da beleza!
E é claro que aprecio a sua beleza, mas com o olhar mais treinado, sei que até ele, que já é lindo, fica ainda mais lindo no angulo certo, na pose certa, e principalmente se eu consigo descobrir o melhor angulo da foto.
Belezas do cotidiano estão o tempo todo à nossa volta, mas temos que treinar o olhar.


Lugares que mesmo não sendo luxuosos, ou históricos, nem mesmo chiques,  têm sua luz, seu significado. Aliás, aprendi com esse exercício diário de estar presente, observando, que somos nós que damos significado às coisas.
Somos nós que colocamos foco no que achamos que tem valor.
Ou simplesmente caminhamos por aí perdendo tempo precioso de nossas vidas fechados em nossos sentimentos e afazeres práticos.


Será que precisamos mesmo de coisas novas? Impulsos externos para ficar bem?
Tenho que dizer que adoro ver coisas bonitas, estar com gente gentil, educada. Gosto também de desfrutar do prazer de viajar, da beleza da natureza, das flores. Aprecio as coisas boas da vida, uma comida bem feita, uma mesa bem posta.
Mas tem muita beleza nas coisas simples, no caminho diário que fazemos para ir até o supermercado mais próximo, no olhar de quem você ama. Belezas que podemos simplesmente perder.


Tenho certeza que se você olhar melhor, ajustar seu foco, se surpreenderá com o que vai encontrar.
Agradeço aos amigos que sigo no Instagram que me ajudaram lapidar o olhar.
Incrível como estou aprendendo admirando as fotos das pessoas. 
Quanta coisa linda!
Se você ainda não parou para observar suas fotos, experimente fazer isso, e observe que coisas inesperadas ganharão um significado.
A vida é assim, cheia de oportunidades para quem tem olhos para ver.
Como costumo dizer: Foco no bem!

Beijos e muita luz, aliás como dizem os fotografos, luz certa!

MS

24 comentários :

  1. Maria Silvia,

    Concordo com você.....se conseguirmos olhar com mais carinho as coisas simples a nossa volta, tudo fica mais bonito....
    Abraços
    Silvana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Silvana,
      Todos precisamos colocar esse jeito de ver a vida com mais amor em pratica. Não é?

      Beijos da MS

      Excluir
  2. Com certeza MS, a beleza está no nosso olhar, para as pessoas, paisagens e situações. Gostei da frase abaixo e fico e compartilho uma reflexão do Pde. Fabio, quando diz que a todo o momento o mundo nos convida para fora! Por isso a importância da profundidade; e num outro comentário, quando uma pessoa questiona o Pde., dizendo que a sua vida é sem graça e sem grandes acontecimentos, o Pde reflete:"será que não é você que tem um olhar miserável para a sua vida?".

    "Somos assim, rápidos, dispersivos, nervosos, e soltos na nossa mente sem foco."

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Guilherme,

      Com certeza podemos mudar nosso olhar.
      Para que carregar tristezas?

      Beijo da MS

      Excluir
  3. Boa metáfora sobre treinar o olhar e a observação das coisas simples da vida a partir de fotos. A fotografia nesse caso se torna praticamente um terapia. O olhar compromissado com o exterior para sairmos um pouco de nós mesmos, nos oferecendo ao mundo com amor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vanessa.

      Acho que a cura do olhar começa quando aprendemos mergulhar dentro de uma luz que existe dentro de nós.
      Com certeza a fotografia ajudou neste passo também.

      Beijos

      MS

      Excluir
  4. Maria Silvia, que maravilha teu artigo, tuas fotos, tua mensagem que como uma luz clareou minhas reflexões. Preciso muito exercitar a pratica deste olhar mais cuidadoso e amoroso sobre as pequenas coisas da minha vida, preciso muito começar a cuidar melhor de mim, dos meus amores, ajustar o foco priorizar e valorizar o que me faz bem e que vou deixando para depois... tua mensagem me disse tantas coisas que estava buscando entender... obrigada amiga, obrigada aos mestres que me responderam atraves de você... beijos .. muita, muita luz!
    Mariangela...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mariangela,

      Fico feliz, muito feliz em ajudar.

      Beijos da MS

      Excluir
  5. segundo os aristas quem faz a beleza da foto é o olhar do fotógrafo pois é direcionado pela alma.
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos então ser artistas...
      Beijos e tudo de bom,

      MS

      Excluir
  6. Me identifiquei muito com o texto.Quando a gente tem uma vida simples, sem grandes acontecimentos(do ponto de vista externo), sem constantes viagens...fica parecendo que não temos o que registrar como beleza, como interessante, como algo singular.realmente a diferença é o olhar. É ele que muda tudo. É ele que temos de educar para enxergar a beleza no dia a dia.Às vezes tinha a sensação de não estar vivendo em função da vida simples e reservada. Vou ficar mais atenta à beleza das pequenas grandes coisas que compõem a minha vida. Muito grata.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Rita,

      Acho que essa descoberta de que existem coisas especiais na vida de todo mundo é fundamental para acreditarmos mais em Deus, nas oportunidades, na beleza.

      Vamos na luz.

      MS

      Excluir
  7. Aprender a olhar...quantos detalhes, nuances não vistas?Gratidão pelas fotos, pelo texto, pela campania.

    ResponderExcluir
  8. Aprendi e desaprendi algumas vezes...mas creio que o movimento em si é assim. Nos baseamos em algo, mudamos, as referências são perdidas e tornamos a encarar as coisas sob novos olhares. Mais profundos talvez, menos viciados, sem condicionamentos ou significados, para vermos aquilo que é!
    Pelo menos percebo assim, meu caminho!
    :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thalita,

      Nosso olhar é mágico.
      Podemos escolher quais as nossas referencias.

      Na luz.

      Beijo da MS

      Excluir
  9. Despertar o olhar para a vida externa é se permitir viver novas experiencias, saindo da torre larga do egoismo, vamos aprendendo a identificar novas paisagens, pessoas, situações..e dando a elas uma nova coloração.. isso é aproximação.. é calor humano é viver a vida dando importancia ao todo.. tenho esse habito e sou muito ligada às pessoas e isto tem me trazido experiencias incriveis de crescimento e amadurecimento.. quiçá mais pessoas possam construir atraves de um novo olhar novos horizontes.. grande beijo p voce e mais uma vez obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Yasmine,

      Com certeza quando nos conectamos com o divino em nós tudo se abre.

      Beijos linda,

      MS

      Excluir
  10. Muito show este artigo.
    Realmente não precisamos viajar para treinar o olhar para o que é belo, para o que está bom. No caminho para a nossa casa, sempre há um céu azul, um Sol brilhante, pássaros voando, borboletas passando, pessoas com suas histórias...
    O fotógrafo treina o seu olhar para captar o momento. Para isto, tem que ter olhos para ver com o coração.
    Muitas vezes, estamos fisicamente num lugar belo, mas a nossa mente está num inferno. Temos que unir mente e alma.
    Isto me lembrou também que nada adianta saber sem sentir.
    Frase do dia: "Se não temos olhos para ver, tudo passa." MS.
    Vamos treinar o nosso olhar, Bjs, Tati Fpolis

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tati,

      Muito bacana ver a sua conexão.

      Beijos linda,

      MS

      Excluir
  11. Obrigada anjinho :)) Beijos da Madalena.

    ResponderExcluir
  12. Perfeito!! É uma pena que estejamos sempre com muita pressa e deixemos passar o principal...essa dica do olhar é perfeita! vc é mesmo muito especial...bjs, Lidia

    ResponderExcluir
  13. Lidia,

    Fico feliz em ter você por aqui.

    Beijos da MS

    ResponderExcluir