sábado, 20 de julho de 2013

Como viver mais leve?




Todos nós queremos segurança.
Uma casa para chamar de nossa.
Um carro.
Uma boa família.
Segurança nos relacionamentos, nos bens, no trabalho...
Mas será só isso?
Podemos controlar a vida? O amor das pessoas? Ou até mesmo o que sentimos?
Às vezes estamos disponíveis, abertos para as pessoas, querendo fazer tudo dar certo, ajudar, mas muitas vezes ficamos cansados do "investimento", cansamos de cuidar, de entender, de perdoar, mas por conta de segurança ficamos no mesmo lugar, às vezes agindo da mesma maneira que sempre agimos, reclamando ou não...
Na maioria das vezes temos medo da mudança, medo de nos posicionar, de magoar as pessoas, de nos magoar.
Será possível viver sem fazer escolhas, sem nos posicionar?
Hoje caminhando num jardim me detive olhando as camélias.
No mesmo pé flores lindas, frescas, e outras murchas, escurecidas.
Tudo no mesmo galho!
Mostrando que a vida passa. Está passando. 
Não somos mais a mesma pessoa da hora do jantar de ontem...
Já fomos um bebê, uma criança, um adolescente, totalmente conectados com aquela idade, com aqueles desafios, e hoje o que somos?
De onde tiramos esse medo, ou essa indolência que não nos permite fazer coisas novas, diferentes?
Por que sentimos medo de viver de forma mais aberta?
Acho que acreditamos demais nos limites.
Acreditamos demais em coisas que passam, mudam, e não nos damos conta disso. 
Deixamos de observar que as coisas estão mudando. 
Nesse momento estão mudando.
Aprendi que desapego não vale apenas para coisas materiais, mas principalmente, no que diz respeito a nossas idéias, aos nossos planos, e crenças.
Precisamos aprender dar valor relativo às coisas.
As situações mudam, nós mudamos, as pessoas mudam. Então por que se acabar no sofrimento, ou no medo querendo nos sentir seguros, ou entender tudo?
Acho que se conseguirmos ser mais flexíveis, adaptáveis, deixando as coisas fluírem, e usando o tempo a nosso favor, com certeza seremos mais felizes.
Quem sabe até um sorriso assim possa aparecer no nosso rosto?

Lindo dia para você e muito amor no coração...
E coragem para viver com desapego!

E você o que pensa disso tudo?


Um beijo a todos,
MS

16 comentários :

  1. Eu penso MS, que aceitar a mudança, a impermanência da vida, das situações, das pessoas é uma aprendizado, que nos pede muito desapego. E como é difícil se desapegar! Como é importante se desapegar!! Esse ano, talvez, esse seja o meu desafio, aceitar as mudanças, as impermanências, se desapegar de mim mesmo, de minhas crenças e verdades relativas. Acredito que estou no caminho!!
    Bj.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Guilherme,

      Por tudo que você já disse também acredito que você esteja no caminho.

      Beijos querido.

      MS

      Excluir
  2. Amei as dicas!



    blogdabiane.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Biane,

      Fico feliz em te receber por aqui.

      Beijos da MS

      Excluir
  3. Na verdade, temos muitos medos de sermos felizes.. Pq se isso acontecer, o que vamos fazer? N estamos preparados para o grande presente de Deus..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha linda e sabia amiga...
      Você é um presente de Deus na vida dos seus amigos...
      Beijo da MS

      Excluir
  4. Eu penso que por conta disso ficamos todo dia vulneráveis!
    E quando o preço de crescer é deixar para trás pessoas e coisas, principalmente por se identificarem com o EGO, enquanto queremos transcender isso?! Difícil...pq só quem tá no processo entende!
    Complicado, deixar para trás é perder sempre as referências!
    Muito difícil, as referências estão na carne e tem que arrancar!
    Queria que algumas pessoas compreendessem algumas coisas...enfim!
    Tá na cara que tenho que deixar ir!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thalita,

      Coragem.
      Quando tomamos consciencia de algo errado, ou ruim, já estamos começando a mudança.

      Beijos da MS

      Excluir
  5. Para mim o desafio está em se desapegar do que fui ou do que acreditei ser. Desapegar da "persona", tirar a máscara, trocar de "pele", é tudo que almejo e vivo para isso.
    Minha frase do ano : "Preciso me dispor a desistir do que sou, para me tornar o que serei". Einstein

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anita,

      Sabias palavras.

      Vamos na luz nos preparando para o nosso vir a ser.

      Beijo da MS

      Excluir
  6. Desapego principalmente das pessoas nossa q lição difícil dolorosa as vezes penosa mas sem sobra de dúvida necessária...Mas com certeza o processo e lindo o desabrochar sem sombra de dúvida e maravilhoso, renascer da luz da nossa conexão com nosso eu superior!! Lindas suas palavras sua mensagem veio como os anjos me dizendo siga sua trilha aprenda a desapegar! Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anna Flávia, com certeza quando a gente se liberta, se desapega, abrimos a vida para receber outras pessoas..

      Um beijo e felicidades,
      MS

      Excluir
  7. Querida Maria Silvia, eu estava lendo seu texto e ao mesmo me lembrava de algo que você escreveu no Facebook... Algo sobre a não necessidade de ser sincera de forma grosseira. Isso encontrou eco em mim, obrigada :))

    Posicionar-se sobre algo traz paz ao coração, independente das reações que os outros possam ter, contudo, muitas vezes o melhor é afastar-se silenciosamente, para que a sinceridade não seja entendida como grosseria.

    Nossa rsrsrsrs, escrevi um jornal-comentário. É que suas palavras hoje de alguma forma "consertaram" algo dentro de mim.

    Obrigada - beijos e sorrisos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Madalena fico feliz quando uma frase, ou um texto ressoa no coração das pessoas.
      Acho que a vida espiritual serve para nos abrir para uma consciência maior.
      Que bom que você foi tocada.

      beijos linda,

      MS

      Excluir
  8. É isso mesmo, temos que viver com desapego, analisando o que realmente se tem valor na vida, já que sabemos que há muito além dessa ilusão que conhecemos...
    A busca do auto-conhecimento é enfrentar os próprios medos e buscar a verdade e com isso chegar à liberdade...evoluir e um dia voltar ao seio de Deus....por isso somos todos um...
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vanessa querida,

      Parece que esse tem sido seu desafio no momento.
      Coragem amiga, vai dar tudo certo.

      Beijo da MS

      Excluir